domingo, 11 de maio de 2008

Lançamento da Campanha "Pelo Diálogo Intercultural"


A PASEC lançou no passado Sábado, dia 10 de Maio, a Campanha de Sensibilização «Pelo Diálogo Intercultural».
A actividade de lançamento da campanha contou com a organização em Portugal e Espanha de dois torneios de futebol denominados «O futebol na perspectiva multicultural», sendo que em Portugal, este decorreu em Famalicão, em parceria com a Escola EB 2 e 3 Júlio Brandão. O evento esteve também associado a mais uma Taça Cavaleiros, competição instituída pela nossa organização em homenagem ao grupo que deu origem à PASEC.
Com mais de 40 participantes, divididos em 3 escalões (femininos, masculinos A e Masculinos B), a competição juntou crianças e adolescentes dos grupos informais de crianças e adolescentes da PASEC do Complexo de Habitação Social das Lameiras em Famalicão, das freguesias Riba D’Ave e de Briteiros (Guimarães). Também estiveram presentes as Oficinas de São José de Braga, a Associação Teatro de Construção e uma equipa de futebol feminino de Riba D’Ave.
Esta iniciativa estava enquadrada no plano de acção do Projecto “Nova Fórmula” do Programa Juventude em Acção, coordenado pela PASEC e apoiado pela Agência Nacional do Programa Juventude em Acção.
No final de mais uma iniciativa, e durante a entrega dos troféus, o Presidente da PASEC, Prof. Abraão Costa, referiu a importância do alargamento do número de grupos que a PASEC atinge, sendo que a Taça Cavaleiros “foi mais uma fase de consolidação de um projecto de âmbito juvenil que atinge mais de 250 jovens, só em Portugal...”. Bernardo Miranda acrescentou: “... não desperdicem mais esta oportunidade que tiveram para se juntarem e reforçarem os laços de amizade que unem os grupos PASEC...”.
Ainda no âmbito da Campanha seguir-se-ão o lançamento da T-Shirt e Pin «Pelo Diálogo Intercultural», evento que coincidirá com a Feira de Jogos Intercultural, no dia 15 de Junho, organizada em parceria com o MAAC/MIDADE de Braga.
Durante o mês de Junho será, entretanto, apresentada a Rede Nacional De Grupos Informais e Multiplicadores para a Educação Não Formal, ferramenta que servirá de base às próximas iniciativas do Projecto “Nova Formula”.
Esta iniciativa tem o apoio da Casa do Povo de Briteiros, da Escola Júlio Brandão, do Lar de Jovens das Oficinas de São José em Braga e da Casa dos Giestais da Associação Teatro de Construção de Joane, Famalicão.








«Somos a PASEC... uma alternativa» - Curso de Animadores PASEC


A PASEC lançou o seu primeiro CD pedagógico, intitulado «Metodologias e Técnicas de Animação e Gestão de Grupos de Risco», no âmbito do Curso com o mesmo nome. Do CD constam milhares de dinâmicas de interacção grupal, vídeos e testemunhos de suporte a reflexões, material pedagógico vário, música e fotos de suporte a dinâmicas reflexivas, de expressão corporal e dramática e variada documentação PASEC.
O lançamento do CD aconteceu no final do Curso de Animadores da PASEC. Este teve lugar nos dias 26, 27 e 28 de Março o Curso de Formação de Animadores «Metodologias e Técnicas de Animação e Gestão de Grupos de Risco», na Quinta da Costa, em Mouquim, V.N. Famalicão.O Curso organizado pela PASEC contou com mais de 20 Animadores de Famalicão, Braga, Guimarães e Santo Tirso.

Esta iniciativa estava enquadrada no plano de acção do Projecto “Nova Fórmula” do Programa Juventude em Acção, coordenado pela PASEC e apoiado pela Agência Nacional do Programa Juventude em Acção. O Director Nacional da Agência Dr. Pompeu Martins esteve presente no encerramento das actividades.As acções de formação estiveram organizadas em 3 módulos: “Aproximação e diagnóstico a grupos de base” com a realização de dinâmicas de interacção grupal com recurso a testemunhos vídeo sobre a experiência da vida em grupo; “Coesão e Gestão Grupal” com um Atelier de Artes Circenses, uma Oficina Intercultural, uma Sessão de Animação Desportiva, uma Workshop de ‘Organização de Eventos’ e uma Oficina de Simbologia Grupal; e “Tomadas de Decisão” com um Laboratório de Animação em contexto natural e a avaliação do campo.Nas noites culturais foram organizadas iniciativas como a Noite Oriental, com um Atelier de Dança Árabe, e a Noite dos Ditadores e Revolucionários, com o recurso à Expressão Dramática.O Presidente da Direcção da PASEC, o Prof. Abraão Costa, referiu-se à iniciativa que “como um grande sucesso. Os grupos saíram reforçados e as novas ferramenta pedagógicas que produzimos serão uma mais-valia inestimável para o desenvolvimento e amadurecimento dos grupos de base PASEC”. No encerramento do Curso, o Dr. Pompeu Martins fez referência ao Programa Juventude “como uma fonte de oportunidades”, apelando à PASEC e animadores presentes que possam estender a sua acção aos outros âmbitos do Programa.Nas conclusões foi salientado por Bernardo Miranda que “espero que continuem a exigir de nós cada vez mais, no sentido de melhorarmos o nosso desempenho e assim os dos grupos de jovens com quem trabalhamos”. Elisabete Faria reforçou “esta foi mais uma oportunidade de aperfeiçoar-mos a nossa técnica, percebermos a riqueza das vivências em grupo e reforçarmos laços de amizade”. Por fim 'alguém' (vários participantes) fez questão de focar "temos uma estar e ser alternativa".Esta iniciativa tem o apoio da Casa do Povo de Briteiros, Associação de Moradores das Lameiras e do Movimento de Apostolado de Adolescentes e Crianças de Braga.
Até à próxima aventura....

Sexta, Março 28, 2008

Educação para a Paz... - Domingo, Fevereiro 24, 2008


O MAAC de Braga com o apoio da PASEC organizou mais um mini-campo de formação para crianças entre os 6 e os 11 anos (estiveram presentes 3 grupos, 2 de Braga e 1 de Famalicão). Com o apoio do Projecto Nova Formula, enquadrado no Programa Juventude em Acção, este encontro teve como tema «A Educação para a Paz». Estiveram mais de 20 participantes e a organização esteve a cargo da Daniela Machado, Vice-Presidente da Assembleia Geral da PASEC e Secretaria Diocesana do MAAC e da Teresa Costa, Acompanhante do MAAC e sócia da PASEC.Do programa fizeram parte o visionamento do filme «Sindbad», trabalhos de grupo, uma caça ao tesouro e várias dinâmicas de animação. Foi ainda abordado o tema da Família.O Encontro foi dinamizado pelas animadoras Ana Catarina, Helena (Grupo Nova Fénix) e Susana. A noite recreativa foi dinamizada pela Equipa de Animação da PASEC (Abraão, Bernardo e Sara Monteiro).Da avaliação ficam algumas opiniões que merecem ser registadas: «a paz é construída por todos, revela-se nos gestos mais simples...» (Evandro); «a paz é partilha, união, carinho e estar em família...» (João, Amilcar e Carlos); «a paz acontece quando não esquecemos os amigos, esquecemos as zangas e somos unidos...» (Pedro e Augusto).

«Significado Espiral» - Domingo, Fevereiro 17, 2008


A PASEC tem um novo grupo, este em Braga. Em parceria com o MAAC (Movimento de Apostolado de Adolescentes e Crianças) da zona de Braga foi possivel iniciar mais um grupo, para já com cinco elementos.O grupo «Significado Espiral», define-se como um «grupo alternativo» e tem na Expressão Dramática e nos Campos de Formação e de Férias algumas das iniciativas que pretende desenvolver futuramente.Aqui fica a mini descrição dos novos elementos PASEC: a Mariana já é «velha nestas andanças» de grupos de base, lider e mobilizadora por natureza é uma apaixonada pelo Teatro; depois temos dois Pedros: o primeiro, igualmente «velha guarda» no que a história de vida em grupo diz respeito, é reservado, observador e selectivo. O segundo Pedro, é comunicativo, bem disposto e «tenho que o conhecer melhor para acrescentar algo mais»; depois temos a Magda, a «senhora das ideias geniais», criadora do nome do grupo, de sorriso constante e forte presença (como também não a conheço bem, daqui a uns meses prometo voltar a emitir opinião!!!); por fim temos a Natália, ou a Presidente da Assembleia Geral da PASEC (Dra. Natália Pereira), que irá animar o grupo. Relativamente à Natália não vou manifestar opinião, a não ser, reafirmar a profunda admiração e respeito por todo o trabalho que tem partilhado connosco na PASEC... à, é verdade... também é uma amiga (mas isso ela já sabia).Nesta primeira fase, o grupo contará com o meu apoio (Abraão), mas de certeza que não demorará muito a ensinarem-me a andar de patins.Bom trabalho para o futuro.


«Grupos e Realidades Interculturais»


Arrancou o «Projecto Nova Formula», iniciativa da responsabilidade da PASEC em parceria com o Programa Juventude em Acção da União Europeia, que tem na Agência Nacional para a Gestão do Programa Juventude a sua entidade nacional representante.A primeira iniciativa teve lugar a 1,2 e 3 de Fevereiro, e tratou-se do Campo de Formação «Grupos e Realidades Interculturais».Seguindo como temática de fundo a Educação Intercultural, a actividade teve lugar em Soutelo, Vila Verde e contou com cerca de 20 animadores dos concelhos de Braga, Famalicão e Guimarães.Como já havia sido anunciado, fizeram parte do programa Dinâmicas de Interacção Pedagógica, Animação Desportiva, um Workshop sobre «Interacção Intercultural» e uma noite dedicada ao Médio Oriente e Jogos Nocturnos.Na avaliação da actividade ficaram as seguintes ideias: «A interculturalidade é uma oportunidade, uma dádiva, que devidamente aproveitada pode fazer toda a diferença» (Bernardo Miranda); «...a própria vida é um processo intercultural, cheia de desvios, momentos, traços com os quais nos identificamos. Reflectir sobre eles é dar uma oportunidade à Humanidade para se transformar para melhor.» (Abraão Costa); «...o preconceito é a grande barreira ao relacionamento intercultural...» (Sara Monteiro); «...descobrir na diferença do outro a sua riqueza é perceber que a nossa própria diferença...» (Helena).Esta iniciativa teve o apoio da Casa do Povo de Briteiros, Câmara Municipal de Famalicão e Associação de Moradores das Lameiras e Movimento de Apostolado de Adolescentes e Crianças.


Arranca o Projecto Nova Fórmula


Arranca a 1,2 e 3 de Fevereiro, com o Campo de Formação «Grupos e Realidades Interculturais», o Projecto Nova Formula, principal prioridade do Plano de Acção da PASEC para 2008/2009.Tendo como temática de fundo a Educação Intercultural, o projecto assenta em três prioridades fundamentais: Formação de Animadores; Formação e potenciação de grupos informais de crianças e jovens; Cooperação Internacional.A primeira actividade terá lugar em Soutelo, Vila Verde e contará com cerca de 20 animadores dos concelhos de Braga, Famalicão e Guimarães.Fazem parte do programa Dinâmicas de Interacção Pedagógica, Animação Desportiva, um Worshop sobre «Interacção Intercultural» e uma noite dedicada ao Médio Oriente.Ainda como parte do plano de actividades do Nova Formula já começaram os contactos para a formação da Rede Nacional de Grupos Informais nas regiões de Braga e Coimbra.

Um jaguar mais... - Campo de Dezembro dos Nova Fénix

Em Famalicão, no final de Dezembro, teve lugar mais um Campo de Natal do Grupo Nova Fénix de Briteiros, Guimarães.O Programa contou com Exercícios de Orientação e Exploração em Lemenhe (Famalicão), uma jornada de Geocashing em Sezures, Bowling e muita reflexão à mistura. Terminamos com o Ritual dos Símbolos do Luís.E... Depois de duas tentativas o Luís conseguiu, temos mais um elemento dos Nova Fénix com os seu símbolo atríbuido. Depois do seu Ritual dos Símbolos e de muita introspecção o Luís escolheu como símbolo o Jaguar: com um instinto apurado, o jaguar procura nas árvores o seu refúgio, gosta de ver a vida de cima, gosta da altitude para traçar o seu perímetro e esconder-se por entre «densidades». É astuto, audaz, solitário, compenetrado e dificilmente vísivel a olho nu. Com os sentidos apurados deixa-se muitas vezes vencer pela caça...O campo foí uma óptima experiência, ficamos à espera do próximo...

O Gato Preto e o Furão - Campo de Natal 2007 do Grupo SER

O Grupo SER, organizou entre 26 e 28 de Dezembro, em Braga, mais um Campo de Formação. Tendo como tema «A Simbologia Grupal», esta actividade serviu para realizar mais um Ritual dos Símbolos (Cerimónia de atribuição de um símbolo a um elemento de um grupo PASEC que sela o seu compromisso com o mesmo grupo e a organização). Desta vez foi a Coordenadora do Grupo SER, a Elisabete, a receber o seu símbolo.A Elisabete escolheu como símbolo o Furão: predador, atento, persistente, traça o seu território e tem sempre em conta os seus entes e propósitos. Foi com esta base que a Elisabete escolheu o seu símbolo.Também neste Campo, o Vice-Presidente da PASEC, Bernardo Miranda, renovou o seu Ritual dos Símbolos, com o Gato Preto a servir de pano de fundo.Nocturno, comprometido, aliado da sua causa, gostando de correr riscos foram a argumentação que serviram de base à renovação do seu compromisso.Para além deste acontecimento o Campo contou com dinâmicas de Animação Desportiva, Jogos Nocturnos, Jogos de Equipa e reflexões acerca dos nossos dons e símbolos com os quais nos identificamos.Foram 3 dias intensos e que serviram de motivação para o 2008 que aí vem.

Plano de Acção 2007/2008

Pelo ideal Intercultural”

Objectivos:
· Promover a implementação e dinâmica dos grupos S.E.R e Nova Fénix, grupos informais integrantes da PASEC
· Desenvolver e aprofundar a Identidade da PASEC, enquanto entidade promotora da Animação Sociocultural e Educativa
· Reflectir o tema da Interculturalidade, promovendo valores como a tolerância, solidariedade e respeito pela diferença
· Promover campos de férias e formação, de acordo com os objectivos da PASEC

Meios:
1. Campo “Open Minds”- 20 a 24 de Agosto
2. Grupos Ser e Nova Fénix:
a) Reuniões quinzenais dos grupos S.E.R e Nova Fénix
b) Organização interna dos grupos informais, para assim promover um melhor funcionamento do grupo de forma a cumprir os objectivos da PASEC
c) Workshops sobre diversas temáticas ligadas á Animação SocioCultural e Educativa (ex:Expressão Corporal e Dramática) encarando todas como meio de intervenção
d) Criação de um Laboratório de Animações
e) Criação de uma Oficina para a Interculturalidade
f) Reflectir o Tema da Interculturalidade
3. Intervenção junto de grupos de crianças em Famalicão e Guimarães
4. Realização de campos de formação, trabalho e ocupação de tempos livres para os grupos e sócios da PASEC
5. Comemoração do Dia Mundial da Criança, em que será realizada uma feira de Jogos, com especial destaque para os grupos de crianças com que a PASEC irá trabalhar
6. Promover um Projecto de Investigação sobre a importância do Animador no Grupo

Últimas actividades PASEC até Novembro 2007

Grupo SER

O grupo SER realizou no passado mês de Outubro, nos dias 13 e 14, em Soutelo, o Campo de Formação «A Introspecção no processo de Formação. Posteriormente, durante as Sessões quinzenais, realizadas aos Sábados à tarde, têm vindo a reflectir os temas «A Sociedade Manipuladora: Quais são as nossas opções?» e «O que realmente queremos e nos faz felizes?....».

Grupo Nova Fénix

O Grupo Nova Fénix realizou nos passados dias 2,3 e 4 de Novembro o Campo de Formação «Ritual dos Símbolos», onde dois elementos do grupo receberiam o símbolo que os identificava (tradição e parte da Simbologia PASEC). A Sara Oliveira é agora o Símbolo Fogo, juntando-se ao Alberto (Neblina)e ao Miguel (Nuvem) nos elementos do grupo já com o símbolo atribuído. O Luís ainda não viu o seu símbolo atríbuido. Para o futuro Campo de Formação, o Luís tentará novamente conquistar o seu símbolo e a Diana será o próximo elemento a tentar fazê-lo. Nas Sessões quinzenais que realizam à Segunda Feira à noite têm reflectido o tema da «Interculturalidade», sobretudo através da técnica do jogo.

Outros Rostos PASEC


Rostos da PASEC







Grupo SER...


Todas as pessoas que dão origem ao grupo SER são pessoas especiais em tudo. E porquê? Porque pensam, agem e vêm a vida e o mundo de maneira diferente, ou seja, são pessoas diferentes; são positivas; acreditam nelas próprias, conseguem ver as oportunidades nas crises; são participativas; comprometem-se; terminam as coisas que começam; dão atenção aos detalhes em tudo o que fazem; são delicadas e educadas; além da “boa intenção” têm muita sensibilidade e empatia para se colocarem no lugar das outras pessoas; elas ouvem, mais do que falam; respeitam as opiniões alheias; são pessoas simples e objectivas; não usam vocabulário rebuscado e complexo; falam e agem com simplicidade e têm mérito em tudo o que fazem. Nos SER há pessoas caladas, que precisam de alguém para conversar; há pessoas tristes, que precisam de alguém que as conforte; há pessoas tímidas que precisam de alguém que as ajude vencer a timidez; há pessoas sozinhas, que precisam de alguém para brincar; há pessoas com medo, que precisam de alguém para lhes dar a mão; há pessoas fortes, que precisam de alguém que as faça pensar na melhor maneira de usarem a sua força; há pessoas habilidosas, que precisam de alguém para ajudar a descobrir a melhor maneira de usarem a sua habilidade; há pessoas que julgam que não sabem fazer nada e precisam de alguémque as ajude a descobrir o quanto sabem fazer; há pessoas apressadas que precisam de alguém para lhes mostrar tudo o que não têm tempo para ver; há pessoas impulsivas, que precisam de alguém que as ajude a não magoar os outros; há pessoas que se sentem de fora e precisam de alguém que lhes mostre o caminho de entrada e há pessoas que dizem que não servem para nada e precisam de alguém que as ajude a descobrir como são importantes. E é nisto que os SER se destacam. Todos convivem, colaboram, discutem ideias, respeitam-se, ouvem e compreendem os pontos de vista de cada um, conhecem-se uns aos outros mas sobretudo conhecem-se a si próprios; todos os elementos têm um eu próprio, têm um ser, são um ser próprio e distinto. Cada um nos SER encontra a chave certa para abrir a porta da mansão do futuro, da felicidade e da conquista; cada um tenta desfazer os antigos quadros pregados com pregos enferrujados na parede da alma; cada um sai da sua pálida estrada e vai para a luz irradiante do sol das novas perspectivas; cada um de nós nos SER encontramos, sobretudo, o nosso próprio eu e juntos alcançamos o nosso objectivo: produzir e alterar a realidade ao nosso redor.

SER – Sabedorias e Rituais. Na formação do grupo estávamos todos cheios de dúvidas em relação ao que ia ser dali para a frente, mas a sabedoria é mesmo isso: é ter dúvidas e desejar saber; é construir uma vida e torná-la o mais agradável e feliz possível; é saber o que fazer antes e o que fazer depois; é o segredo da felicidade e do sucesso. A sabedoria é eterna, mas não se transmite; é descoberta fazendo uma caminhada que ninguém pode fazer em nosso lugar e que ninguém nos pode evitar; e não basta adquiri-la, é preciso saber utilizá-la. Os Rituais são respostas às emoções pessoais, que nos unem num propósito para uma acção conjunta com o mesmo objectivo: produzir e alterar a realidade ao nosso redor e encontrar o nosso próprio eu, o nosso ser.


Elisabete - Coordenadora Grupo SER

Sábado, 10 Novembro 2007 - Apresentação Pública da PASEC






A PASEC – Plataforma de Animadores SocioEducativos e Culturais, apresentou-se em Cerimónia Pública, no Auditório da Biblioteca Municipal de Vila Nova de Famalicão, no passado dia 12 Outubro, pelas 18h30m.
A Cerimónia foi presidida pelo Vereador da Juventude da Câmara Municipal de Famalicão, Dr. Jorge Paulo Oliveira. Estiveram presentes todos os Núcleos da PASEC e as principais entidades parceiras da Plataforma, com especial destaque para a Associação de Moradores das Lameiras, representada pelo seu Presidente, Sr. Jorge Faria, e para a Casa do Povo de Briteiros, representada pela Prof. Maria do Carmo.


A sessão abriu com a Encenação «Preto e Branco em Guerra», a que se seguiu o discurso de abertura do Vice-presidente, o Animador Bernardo Miranda. Este acentuou que o Projecto de PASEC é um projecto de Animação SocioCultural, que mais do que técnicas de animação pretende «permitir a todos os jovens e crianças da organização a oportunidade de fazer a diferença, escolhendo em liberdade o papel que querem desempenhar». Bernardo Miranda fez ainda referência ao ideal PASEC: «Tudo por um ideal diferente». Seguiu-se a intervenção da estudante de Acção Social Elisabete Faria, Coordenadora do Núcleo Grupo SER (Sabedorias E Rituais), que referiu o Grupo SER «como um grupo de pessoas diferentes, que encontram na diferença a razão para se unirem e darem forma aos seus propósitos».
Seguiu-se a estreia da Curta-Metragem «Dos Cavaleiros à PASEC», que contava a história da organização, desde a sua formação enquanto Grupo Informal até à constituição da PASEC no que ela é hoje. Entretanto interviu Alberto Fernandes, Coordenador do Núcleo de Guimarães – Briteiros (Os Cavaleiros Nova Fénix), que apresentou o grupo, os seus elementos, fazendo a referência de que este era um grupo de jovens que se gostava de divertir, de estar presente e assumir a responsabilidade de intervir social e comunitariamente. Terminou a sua intervenção com uma palavra para o Presidente da PASEC e Animador do Grupo, Abraão Costa, relembrando o seu papel coordenador e sobretudo «o animador que hoje não é mais que um amigo».


Entretanto seguiu-se a estreia de uma 2ª Curta-Metragem, a «Somos Animação SocioCultural». Nela estavam retratados e vincados os objectivos e campo de acção da PASEC.

Depois o Presidente da PASEC, o Prof. Abraão Costa, apresentou os Corpos Gerentes da PASEC para o Biénio 2007/2009: na Direcção como Presidente, o já referido, Dr. Abraão Costa, Investigador e Animador, Licenciado em Animação Socioeducativa e a terminar o Mestrado em Animação SocioCultural e Associativismo, é actualmente Director do Curso de Animação SocioCultural e Docente da Cooperativa de Ensino Didáxis; como Vice-Presidente, o Animador SocioCultural e responsável pelo Grupo Juvenil SER, Bernardo Miranda; como Secretária está a estudante de Animação SocioCultural Patrícia Campos; a Tesoureira a estudante de Animação SocioCultural Samanta Monteiro; os vogais Sara Oliveira, a Dra. Raquel Silva (Socióloga) e Franclim Rocha; na Mesa Assembleia Geral ficou a presidir a Dra. Natália Ferreira (Assistente Social), na Vice Presidência ficou a Animadora Daniela Machado e a Secretário ficou Alberto Fernandes, responsável do Grupo Juvenil Nova Fénix; a presidir ao Conselho Fiscal ficou a Dra. Carla Carvalho (Educadora Social na Associação de Moradores das Lameiras), a Vice-presidente ficou a estudante de Animação SocioCultural Sara Abreu e a Secretário ficou José Luís Leite.
Entretanto, Abraão Costa apresentou as principais linhas de orientação da PASEC para o próximo biénio, bem como o Plano de Acção. Tendo como tema principal a «Interculturalidade» e a promoção do Protagonismo Juvenil e Animação Socioeducativa e Cultural, a PASEC irá assentar a sua acção em três quadrantes: a Formação de Animadores, com mais de 10 iniciativas que atingiram mais de 100 animadores; a Formação e Potenciação de Grupos de Crianças e Jovens com mais de 30 sessões de Oficinas e Ateliers Temáticos, mais de 50 sessões de reflexão, reunião e avaliação e mais de 10 Campos de Férias, Formação e Trabalho, atingindo uma população alvo superior a 500 adolescentes e jovens e mais de 200 crianças; e a Cooperação Internacional através da articulação com o Junior La Rioja Espanha e do Encontro Transnacional para a Interculturalidade em Agosto de 2008.


Seguiram-se duas homenagens, à Associação de Moradores das Lameiras e à Casa do Povo de Briteiros e os discursos dos principais parceiros. O Presidente da Associação de Moradores das Lameiras salientou o facto de a génese da PASEC serem jovens oriundos das Lameiras, ao mesmo tempo que manifestou o seu orgulho pela AML poder fazer parte deste momento. A Prof. Maria do Carmo, em representação da Casa do Povo de Briteiros, salientou o trabalho do Presidente da PASEC, Dr. Abraão Costa e desejou as maiores felicidades para a acção futura da organização. O Vereador da Juventude, da Câmara Municipal de Famalicão, Dr. Jorge Paulo Oliveira, reiterou que numa altura em que os índices de participação juvenil em Portugal são cada vez menores, contra todas estes indícios, surge a PASEC, a qual convidou publicamente para integrar o Conselho Municipal da Juventude.


A sessão fechou com a Encenação «O legado do Guerreiro», do 12º ano de Acção Social da Cooperativa de Ensino Didáxis. O Presidente da PASEC encerrou a sessão agradecendo a presença de todos.