sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Escola Aberta “Os Jovens na Europa Inclusiva”



De 12 a 20 de Agosto o Grupo Informal SER com a PASEC e restantes parceiros organizaram a iniciativa Escola Aberta “Os Jovens na Europa Inclusiva”, envolvendo mais de 50 jovens de todo o país e ainda da Bulgária e Hungria no âmbito do Projecto Dimensão Comos – Europa Inclusiva, integrado no Programa Juventude em Acção da União Europeia.
Nos primeiros dias, que tiveram como sua base os concelhos de Famalicão, Braga e Guimarães, nomeadamente nas comunidades de Briteiros (Guimarães), Delães, Joane, Landim (Famalicão) e São Lázaro (Braga), os representantes das dezenas de grupos de crianças, adolescentes e jovens envolvidos no projecto puderam discutir e reflectir sobre os temas: “A participação dos jovens na Política”; “A voz dos jovens na Europa”; e “A participação dos jovens com menos oportunidades na Democracia”.
Tendo em conta as temáticas enunciadas entre 12 e 17 de Agosto realizaram-se várias actividades. Teve lugar nos primeiros dias, no concelho de Famalicão, o Desafio “Democracie Geocaching”. Foram escondidos vários tesouros simbólicos em diferentes áreas naturais com diversos desafios como reflectir os Direitos das Crianças ou construir uma fortaleza recorrendo apenas a matérias-primas naturais. A partir do Desafio “Democracie Geocaching” foi possível introduzir os diversos temas da Escola Aberta.
Entre os dias 15 e 16 os grupos reflectiram os vários temas através de jogos de simulação e mesas redondas, elegendo no final, sobre a forma de Parlamento, os representantes que iriam participar na Escola Aberta da Tocha com os parceiros internacionais.
Como este se tratava de uma iniciativa sobre o signo da Democracia Inclusiva, os últimos dias tiveram lugar na Quinta da Fonte Quente, da APPACDM de Coimbra, instituição que acolhe cidadãos portadores de deficiência. Estes últimos dias de actividades, já com a presença dos participantes búlgaros e húngaros, tiveram presentes 23 participantes.
No dia 17 realizou-se uma Sessão de Trabalho com a presença de várias entidades onde foi apresentado todo o trabalho desenvolvido no Projecto Dimensão Cosmos nos 3 países parceiros. O dia terminou com o jogo nocturno “Floresta do Mal”, o que permitiu a todos os participantes conhecerem-se melhor e aprofundarem o trabalho de equipa.
No dia 18, realizou-se, na parte de manhã, uma Conferência Aberta que permitiu discutir os principais resultados do projecto até então e as metas a definir até ao final. Seguiu-se uma Sessão de Hipoterapia com cidadãos portadores de deficiência e na parte da tarde o Raid “Democracie on Fire”, que permitiu a interacção do grupo com a comunidade idosa da Tocha. O dia terminou em Coimbra com uma noite tradicional portuguesa na Casa de fados “Diligência”.
No dia 19 de manhã realizaram-se actividades de Educação Ambiental, na parte da tarde realizou-se uma Sessão de Desportos Radicais e o dia terminou com mais uma Conferência Aberta, esta dedicada à apresentação dos vários planos de acção dos grupos locais envolvidos no projecto (apelidados de Clubes Cosmos). No final da conferência realizou-se um pequeno debate sobre as experiências que cada um individualmente tinha vivido ao longo de todo o percurso do projecto.
Dia 20, na parte da manhã, teve lugar o exercício de avaliação na praia da Tocha, seguindo-se a aprovação do documento final com as principais conclusões da Escola Aberta.
Foram oito dias de trabalho, distribuídos por sete localidades diferentes, com mais de sessenta jovens envolvidos, que permitiram a jovens de três países diferentes a viverem em Lares de Acolhimento ou considerados em situação de risco perceberem e reflectirem sobre as suas reais oportunidades nas sociedades democráticas em que se encontram envolvidos.

Nenhum comentário: