quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Projeto NF2.0 da PASEC "ajudou a mudar a vida de muitos jovens"



Entre de 20 e 22 de Fevereiro teve lugar o Seminário Internacional "Democracy Challenge" em Rio Caldo, no Parque Natural da Peneda-Gerês, e em Guimarães, atual Capital Europeia da Cultura. Este evento, que juntou dezenas de jovens, foi realizado em simultâneo em Portugal, Itália e Polónia. Mais concretamente nas cidades de Varese e Varsóvia respetivamente.

 Esta atividade serviu de encerramento ao Projeto Nova Fórmula 2.0, apoiado pelo Programa Juventude em Ação da União Europeia. Em Portugal , os trabalho começaram com dinâmicas de orientação e exploração e uma reflexão sobre o percurso realizado pelos grupos envolvidos no projeto. Foram salientados os valores comuns aos vários planos de ação gerados a partir do NF2.0.  Nos dias 21 e 22 foram organizadas jornadas de orientação e exploração na Serra do Gerês onde, em locais chave, foram organizadas reflexões acerca do percurso individual de cada um ao longo do ano transato e dos próximos a passos a dar a título pessoal e grupal.  


Foram apresentados os planos de ação vencedores do Concurso Europeu "Democracy Challenge" e ao mesmo tempo apresentado o esboço inicial do livro "Animação SocioEducativa e Democracia Participativa, obra pedagógica que servirá de disseminação aos resultados concretos do projeto.


Neste Seminário funcionou em simultâneo uma Feira de apresentação de todos os planos de acção locais levados a concurso. Esteve presente um representante em cada país do projeto e as conclusões foram apresentadas em cerimónia pública. A delegação portuguesa foi composta por representantes dos vários grupos da PASEC integrados no projeto nomeadamente elementos do Grupo Cavaleiros, grupo que venceu o Concurso Democracy Challenge na categoria "Democracia contra a Exclusão Social". Como forma de avaliação final, a Presidente da PASEC, Dra. Elisabete Faria, foi da o projeto Nova Fórmula 2.0 "ajudou a mudar a vida de muitos jovens", por sua vez o Secretário Geral da PASEC salientou "que este percurso abriu novas portas a muitos jovens em situação de exclusão, o que nos levanta novas e desafiantes responsabilidades". Foi global a opinião de que os grupos que integraram o projeto carecem de novas respostas tendo em conta todos os passos dados até à data. Neste sentido ao projeto NF2.0 segue-se o projeto "Novas Fronteiras" que continuará a ação iniciada pelo Nova Fórmula em 2007. 
     

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Grupos Espazo Zero e Libertus juntam-se em Famalicão para encontro de trabalho



Teve lugar nos dias 11 e 12 de Fevereiro de 2012 o Campo de Consolidação e Interacção Grupal dos Grupos Informais Espaço Zero e Libertus, na Quinta da Costa, Mounquim, Vila Nova de Famalicão, integrado no projeto Manuscritos 2015 enquanto encontro de trabalho de discussão sobre os objetivos do milénio. O encontro teve início na manhã do dia 11 Fevereiro. Depois de dinamizado um Ice-breaker para promover o primeiro contacto entre grupos, tivemos o primeiro momento de reflexão em grupo, intitulado “Herança Genética”. O objectivo da reflexão foi analisar os traços mais fortes da personalidade dos nossos familiares mais próximos, nomeadamente os avós e pais, e, num processo de introspecção, perceber que traços temos nós temos em comum com eles. Ou seja, perceber a origem de alguns dos nossos traços de personalidade, quer sejam positivos e/ou negativos. Após esta reflexão, o grupo deparou-se com uma caça ao tesouro simbólico pelo espaço onde nos encontrávamos. Durante a tarde o palco de acção foi a cidade de Famalicão. Aqui deparamo-nos com alguns desafios para enfrentar. A resolução destes desafios implicava definir estratégias de grupo e responsabilidades individuais no seio do mesmo. No regresso a quinta foi feita a apresentação das conclusões. Tivemos também uma reflexão sobre os objetivos do milénio. À noite foi dinamizado um exercício de simbologia grupal. Este momento foi classificado por todos como o ponto alto do encontro.

No dia 12 de manhã fizemos a avaliação do campo. Todos partilharam a opinião de que este encontro foi uma óptima oportunidade para trabalhar a coesão de grupo, conhecer novas pessoas e novas histórias de vida. “Este campo foi duracell, pois permitiu carregarmos as baterias para mais um ano de vida em grupo” (Fábio, Espaço Zero)