domingo, 6 de maio de 2012

PASEC lança espaço ID.EIAS, Escola Integral de Animação SocioCultural



 Através de uma parceria que junta a PASEC, a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, a Agência Nacional de Gestão do Programa Juventude em Ação e outros parceiros nacionais e europeus foi possível criar o espaço ID.EIAS, a primeira Escola Integral de Animação SocioCultural em Portugal.Aproveitando as instalações antigo Centro de Estudos e Animação Juvenil de Famalicão da PASEC, foi assinado um protocolo com o Município de Famalicão, o que permitiu à PASEC ampliar de forma significativa as suas instalações, o que tornou viável o nascimento do ID.EIAS. O exemplo será replicado em Guimarães e em Itália.

Foi numa realidade de 3 subúrbios urbanos onde o desemprego juvenil cresce, os fenómenos marginalização e discriminação progridem e as oportunidades de resposta parecem escassear que deram forma ao ID.EIAS, que significa a construção da identidade pessoal (por isso ID) a partir de um projeto grupal de abertura à comunidade envolvente através dos espaços EIAS (Escola Integral/Itinerante de Animação SocioCultural). 

Através de um trabalho paralelo em Itália e Portugal, este projeto, partindo do trabalho já realizado pela PASEC, pretende potenciar e dotar o grupo alvo de jovens em situação de risco de competências técnicas, pessoais e psicossociais que os tornem atores sociais credíveis e capazes de gerir o seu próprio processo de integração profissional e social no meio envolvente através de uma metodologia base assente na Pedagogia Participativa.

O ID.EIAS será antes tudo um Laboratório lúdico de teste de novas metodologias de educação não formal inclusivas. Ao mesmo tempo levará ao terreno uma série de oficinas temáticas que encaram as Expressões (plástica, corporal, dramática, musical e escrita) como formato de educação não formal potenciador de vivências e experiências capazes de mudar a forma de o jovem se ver e relacionar com o meio envolvente não só pelas Expressões respeitarem a liberdade de o ser humano se exprimir sem barreiras como pelo caráter relacional que todas elas implicam. O ID.EIAS será um espaço itinerante porque irá ao encontro direto dos jovens que dele precisam independentemente da sua localização geográfica (dentro dos concelhos de Famalicão e Guimarães), mas será ao mesmo tempo integral porque cada jovem envolvido será convidado a chegar a um resultado concreto com base em objetivos que ele próprio determinará, não permitindo que este se possa tornar num processo de desenvolvimento psicossocial vazio e sem fio condutor. Para começar o ID.EIAS funcionará, pelo menos, 3 dias por semana em horário pós escolar com especial destaque para o Sábado à tarde. A cada um dos espaços ID.EIAS estará associado uma rede de parceiros locais que difundirão as atividades e objetivos dos espaços. Pretende-se que sejam captados novos públicos e acrescentadas pelos parceiros locais novas repostas sociais ao público em causa como mais um recurso dos ID.EIAS, seja através da cedência de espaços ou partilha de recursos humanos e materiais. Nesta fase inicial o ID.EIAS chegará a mais de 70 jovens entre os 12 e os 25 anos.