domingo, 30 de dezembro de 2012

Assembleia Europeia Juvenil 2012 da PASEC “invade” Famalicão


  

Envolvidas mais de 500 pessoas ao longo de 4 dias de trabalho e intervenção 

Depois de doze meses de trabalho que deram origem a dez grupos de reflexão teve lugar entre os dias 28 e 31 de Dezembro a Assembleia Europeia Juvenil 2012 que “invadiu” um concelho de Famalicão com um conjunto de iniciativas que juntou mais de 500 pessoas ao longo dos seus 4 dias de atividade. O espectáculo de abertura/conferência internacional na Casa Das Artes no dia 28 foi apenas o início. Seguiram-se intervenções culturais no Museu Ferroviário de Lousado, reportagens de rua durante o dia 29 que deram origem a um Festival de Curtas Metragens documentais, apresentado na Casa das Artes, na noite do dia 29 de Dezembro. 
O tema integrador deste ano foi “Algures há um mapa para salvar o mundo” desdobrado em cinco subtemas: “O lugar da espiritualidade”; “A Diferença como oportunidade”; “A cultura do facilitismo e da irresponsabilidade”; "O contributo da Democracia para a Paz - uma ideia quase esquecida”; e “As novas oportunidade de realização para os jovens – o desafio da formação e da empregabilidade”. Estas temáticas foram tratadas por mais de 50 grupos em seis países europeus diferentes, envolvendo mais de 700 jovens, sendo que boa parte dos adolescentes e jovens auscultados estão em situação de exclusão ou especial risco de exclusão. Na conferência/espetáculo de abertura foram apresentadas as conclusões sob a forma de Expressão Dramática pelos jovens que deram corpo ao processo. 

Durante esta sessão o Secretário Geral da PASEC, Prof. Abraão Costa relembrou as raízes do projeto da PASEC justificando que “valemos a pena porque existe mundo lá fora”. Por sua vez o Diretor da Agência Nacional para a Gestão do Programa Juventude em Ação. Dr. José Gonçalo Regalado, elogiou o trabalho da PASEC e a sua preocupação com os jovens com menos oportunidades. Mais à frente o Vice-Presidente da Câmara Municipal de Famalicão, Dr. Paulo Cunha, enunciou “o trabalho impar da PASEC nas áreas da educação, ação social e juventude” e por fim o Dr. Manuel Barros, Diretor do IPDJ Norte e em representação do Secretário de Estado do Desporto e Juventude, lembrou o projeto de Animação Socioeducativa e Cultural em prol da inclusão que não conhece paralelo na Europa que envolve centenas de jovens de todos os meios e proveniências. Respeitando as suas raízes lusitanas a AEJ em Portugal foi também um projeto de Lusofonia, sendo a língua oficial de trabalhos o português. A Assembleia Europeia Juvenil terá a sua continuação em Itália entre os dias 11,12 e 13 de Janeiro 2012.

Nenhum comentário: