sábado, 30 de março de 2013

“Todos temos o dever de ser políticos…” - Conclusão do ENEJA 2013 teve lugar em Portugal, França e Itália



“Todos temos o dever de ser políticos”, esta foi uma das principais conclusões dos Encontros Europeus de Jovens Animadores 2013 que tiveram lugar em Portugal, Itália e França entre os dias 23 e 29, envolvendo centenas de jovens agentes educativos. Com a parceria da TOTEM de Itália, Escola Profissional CIOR, Agência Nacional para a Gestão do Programa Juventude em Ação, Município de Famalicão e demais organizações jovens agentes educativos portugueses estiveram em França e em Itália depois de em Portugal terem iniciado o certame com o Roteiro “Jovens, Democracia e Desenvolvimento Sustentável” que passou por mais de 30 grupos juvenis.

Em França o ENEJA começou no dia 24 de Março e terminou dia 27 nos arredores de Paris. Nas conclusões deste encontro sobressaiu o fato de cada jovem ser responsável pela sua ação concreta no terreno a partir dos talentos que tem. Foi ainda focado que ninguém se pode aliar de intervir politicamente independentemente da amplitude da ação que possa desenvolver, sustentando que a política não se faz só nos partidos políticos, mas sobretudo nos movimentos cívicos, nas instituição e organizações não governamentais, mas sobretudo na intervenção comunitária. Neste particular foi referido o importante contributo que jovens animadores e agentes educativos podem desempenhar enquanto agentes mediadores entre comunidades e decisores políticos. Do programa contaram fóruns de discussão, workshop’s técnicos e noites culturais.

Em Itália o ENEJA começou a 25 de Março e terminou a 29 na região de Milão, na região da Lombardia. Com um programa que incluiu oficinas de projeto, encontros com os decisores políticos, workshop’s técnicos e noites interculturais foi realçado nas conclusões que devem estar na política os melhores e que ninguém, sobretudo os jovens, se pode alhear do fenómeno político. Foi ressalvado que quem assume uma postura passiva não tem o direito de criticar quem gratuitamente se envolve nas causas sociais. Por outro lado foi também afiançado como conclusão que pertence aos agentes educativos que intervêm na área da juventude, sobretudo os animadores, a promoção de campos de oportunidade que permitam aos jovens perceber e melhor se envolverem nas dinâmicas de Democracia Participativa.

segunda-feira, 18 de março de 2013

ENEJA 2013 da PASEC reúne mais de 500 jovens animadores em Portugal, França e Itália



Foi apresentada no passado dia 18 de Março, na Casa da Juventude de Famalicão, pelas 15 horas o ENEJA 2013. Reunindo mais de cinco centenas de jovens, animadores e agentes educativos em França, Itália e Portugal, a PASEC (Plataforma de Animadores SocioEducativos e Culturais), com a parceria da TOTEM de Itália, Escola Profissional CIOR, Agência Nacional para a Gestão do Programa Juventude em Ação, Município de Famalicão e demais organizações apresentou a 5ª Edição dos Encontros Europeus de Jovens Animadores (ENEJA). Realizados entre 18 e 28 de Março, o tema de fundo a que o certame se dedicou este ano é "Jovens, Democracia, e desenvolvimento Sustentável".

Já na sua sexta edição, contando com a primeira edição do ENEJA com um caráter nacional em Abril de 2008, o ENEJA 2013, sem fugir à sua matriz, tem como objetivos discutir e divulgar a Animação SocioCultural e Educativa (ASCE) no contexto europeu, dando voz às dezenas de projetos de ASCE na Europa com incidência para os três países sede da iniciativa. O que torna o ENEJA um evento diferente de todos os outros do género é o fato de serem os jovens animadores e agentes educativos a dinamizar todas as conferências, workshop’s, espaços artísticos e atividades complementares, sendo dado aos especialistas, o papel de espetadores críticos do encontro. É um evento organizado por jovens agentes educativos para jovens agentes educativos.
 
Os Encontros deste ano tiveram início com o Roteiro “Jovens, Democracia e Desenvolvimento Sustentável” que percorreu toda a área de Paris em França, os distritos de Coimbra, Porto, Braga, Viana do Castelo, Vila Real e Aveiro em Portugal e as cidades de Varese, Gorla Maggiore, Cassano e Gorla Minore em Itália envolvendo 31 grupos de jovens atingindo mais de 391 jovens animadores e agentes educativos entre os 16 e os 35 anos e- 123 crianças e adolescentes. Durante os Encontros propriamente ditos terão lugar 24 workshop’s, 10 conferências, o lançamento de 3 novos projetos de intervenção comunitária e 2 novas obras pedagógicas, o “Metodologias de Educação Não Formal” e a Brochura Pedagógica “ M2015”.

 Durante a apresentação do ENEJA, o Secretário Geral da PASEC, Prof. Abraão Costa, referiu que aposta deste ano é tornar o ENEJA uma incubadora de projetos de Animação Sociocultural com caráter comunitário. O Prof. Luis Bessa salientou que o ENEJA se tornou numa instituição com vida própria, muito para além das organizações que lhe dão corpo. O Vereador da Juventude da Câmara Municipal de V.N. Famalicão, Dr. Mário Passos reforçou a expansão da PASEC nos últimos anos e fato de hoje chegar a centenas de jovens, adultos e cidadãos portadores deficiência todas as semanas, só no concelho de Famalicão. Por sua vez, o Dr. Nuno Simões, Presidente da Assembleia Geral da PASEC, aproveitou para dar a conhecer todo o trabalho a ser desenvolvido pelo Roteiro pré-ENEJA.
O ENEJA 2013 integra um conjunto de iniciativas apoiadas pelos projetos Revolution e New Word Formula do Programa Juventude em Ação da União Europeia.