quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

”Todos têm de ceder para que todos possam ganhar” - Um das principais conclusões da Assembleia Internacional 2015 organizada pela PASEC


                                                     

Teve lugar no passado dia 30 de Dezembro, pelas 15h, na Casa das Artes de Famalicão, a Conferência Internacional “Millennium Checkpoint”, momento alto da Assembleia Internacional Juvenil 2015, organizada pela PASEC. O tema central de todo o certame centrou-se na concretização de uma parceria global para o desenvolvimento tendo por base os Objetivos do Milénio 2015.

Foram apresentadas as principais conclusões dos 10 dias de reflexão que incluíram mais de 40 jovens eleitos de mais de 350 jovens diretamente envolvidos. Entre as principais conclusões ressalta a ideia de que “todos os países e parceiros internacionais terão que ceder se queremos que todos ganhem e que todos possam ter um papel ativo na construção de uma sociedade mais democrática, justa e geradora de oportunidades”.

Durante a conferência, o Diretor do Instituto Português do Desporto e Juventude, Dr. Manuel Barros, referiu que a Assembleia Internacional Juvenil organizada pela PASEC é já uma referência e exemplo de boas práticas em processos de diálogo estruturado entre os jovens e os decisores políticos a nível europeu e mundial. Por sua vez, O Vereador da Juventude do Município de Famalicão, Dr. Mário Passos, referindo-se ao tema da conferência, referiu-se ao associativismo de base local como uma das ferramentas para dar forma à dimensão real que uma parceria global para o desenvolvimento exige.

Por sua vez, a Vice-Presidente da PASEC, a Dra. Stephanie Paiva, referiu que os jovens são agentes centrais na definição das principais estratégias dos novos Objetivos do Milénio para 2030, lançando desde logo a Assembleia Internacional Juvenil de 2016.

A Assembleia Internacional 2015 teve lugar entre Viana de Castelo e Famalicão, numa organização conjunta da PASEC e mais de uma dezena de parceiros nacionais e internacionais, com o apoio do Programa Erasmus + da União Europeia. Este ano foram envolvidos mais de 2500 jovens de forma indireta através do roteiro preparatório que passou por mais de 20 escolas, instituições e organizações de juventude. A AIJ 2015 começou na Turquia, Mersin, entre os dias 20 e 26 de Outubro de 2015. Seguiu-se Ericeira, e finalizou a última etapa em Viana do Castelo, Portugal.

domingo, 20 de dezembro de 2015

AIJ 2015 da PASEC “é o palco de uma parceria global para o Desenvolvimento”




De 26 de dezembro de 2015 a 4 de janeiro de 2016 tem lugar a Assembleia Internacional 2015 entre Viana de Castelo e Famalicão que tem como pano de fundo o tema “Millennium Checkpoint”, numa alusão aos Objetivos do Milénio 2015, nomeadamente ao Objetivo do Milénio de criação de uma parceria global para o desenvolvimento. Numa organização conjunta da PASEC e mais de uma dezena de parceiros nacionais e internacionais, o projeto tem o apoio do Programa Erasmus + da União Europeia

Foi perante mais de 200 adolescentes e jovens, na Escola Básica Dona Maria II, em Famalicão, no passado dia 17 de dezembro, e perante dezenas de agentes educativos, na Quinta da Costa, em Famalicão, entre os dias 18 e 20 de Dezembro que terminou o Roteiro “Decidir para Envolver” que serviu de preparação para a Assembleia Internacional Juvenil 2015. Recorrendo à peça de expressão dramática “Mundo Irreal”, como forma de passar a mensagem sobre os objetivos do projeto durante os eventos do Roteiro, Abraão Costa, coordenador da AIJ 2015, referiu que a Assembleia Internacional Juvenil “é o palco de uma parceria global para o desenvolvimento”, não só pelo elevado número de organizações e países que congrega, mas sobretudo pelo envolvimento real dos jovens enquanto agentes participativos nos processos de Democracia Participativa.

Depois da fase preparatório que envolveu mais de 2500 jovens na Turquia, Espanha, Cabo Verde, Itália e Portugal, segue-se agora a etapa final com cerca de 50 delegados eleitos em Viana do Castelo e Famalicão. O ponto alto será o dia 30 de Dezembro, na Casa das Artes de Famalicão, com uma Conferência Internacional em que participante decisores políticos dos mais variados quadrantes. Foi dada participação prioritária neste projeto a jovens em especial risco de exclusão, nomeadamente jovens oriundos de instituições, de comunidades com acentuados índices de pobreza e inclusive, jovens sinalizados pelas comissões de proteção de crianças e jovens.

domingo, 22 de novembro de 2015

AIJ 2015/XXI Cog. Int. ASC junta mais de 100 agentes educativos na Ericeira

               



                                             
Foram mais de cento e vinte o número de jovens e agentes educativos presentes na Ericeira em mais uma etapa da Assembleia Internacional Juvenil 2015 “Millennium Checkpoint”, num projeto apoiado pelo programa Erasmus +. Teve lugar entre os passados dias 19 e 21 de novembro mais uma etapa da AIJ 2015 e XXI Congresso Internacional de Animação Sociocultural numa organização conjunta entre a PASEC, APDASC e Programa Erasmus + da União Europeia. Estes 3 últimos dias foram a fase final de 8 dias de trabalho que juntaram dezenas de jovens e agentes educativos de Portugal, Espanha e Itália. 

A Assembleia Internacional Juvenil deste ano pretendeu, a partir do diálogo estruturado com os decisores políticos, colocar os jovens institucionalizados ou que não vão à escola no centro do processo de discussão e decisão política tendo como pano de fundo o grau de concretização dos Objetivos do Milénio 2015, nomeadamente a utopia de uma parceria global para o desenvolvimento (um dos objetivos). Este projeto assentou a sua base numa reflexão séria e alargada entre jovens, animadores socioculturais e membros da classe política, agentes educativos e especialistas de várias áreas acerca do objetivo do Milénio (ODM) de estabelecer uma parceria mundial para o desenvolvimento, e como os jovens institucionalizados ou em vias de serem institucionalizados podem fazer parte deste desiderato. 

No final de todas as etapas da Assembleia Internacional Juvenil “Millennium Checkpoint” será lançado um Manifesto final com o ponto de vista dos jovens e dos restantes participantes do projeto acerca da visão que temos sobre o real cumprimento dos ODM numa perspetiva nacional, europeia e mundial, com propostas e ações concretas a empreender para dar corpo a uma parceria global para o desenvolvimento, nomeadamente por parte das comunidades juvenis envolvidas. 

Entre as principais conclusões sobressaiu a ideia de que: “Acreditamos que só pondo os jovens, nomeadamente os mais excluídos, em processos concertados de debate, análise e apresentação concreta de propostas com os decisores políticos será possível: numa primeira fase alertar os jovens para a relevância da sua envolvência no fenómeno político e para os perigos do alheamento ao mesmo; e numa segunda fase sensibilizar os decisores políticos para a importância de ouvir as comunidades juvenis mais excluídas de modo a prevenir fenómenos de exclusão, marginalidade e gueto através da promoção de políticas de juventude a nível local e regional mais eficazes e direcionadas para os jovens com menos oportunidades, envolvendo estes em todas fases do processo de decisão.”

domingo, 18 de outubro de 2015

Feira de Jogos Intercultural 2015 atinge mais de 800 participantes


                                                            




A PASEC organiza este ano mais uma edição da Feira de Jogos Intercultural. Para além de assinalar o oitavo ano da organização, este ano o evento contou ainda com o momento da eleição dos novos corpos gerentes da PASEC para o biénio de 2015.2017. 

Perante mais de cento e cinquenta crianças, adolescentes, jovens e encarregados de educação, o primeiro dia do evento teve lugar Casa das Ideias, Vila Nova de Famalicão, no passado dia 18 de Outubro. O certame decorre ainda durante os dias 20, 21, 22 e 23 de Outubro em mais de uma dezena de freguesias e escolas de Vila Nova de Famalicão para mais de 800 participantes inscritos na edição de 2015. 

Na abertura, que contou com a apresentação da peça de teatro “Apocalipse” pela Companhia de Teatro ADN da PASEC, a Presidente da PASEC salientou a importância do evento e a forma como marcou a marca a história da PASEC. Por sua vez, o Vereador da Juventude do Município de Famalicão, Dr. Mário Passos, salientou mostrar-se surpreendido pelo número de jovens presentes apesar do mau tempo. Por fim, pelo Instituto Português do Desporto e da Juventude, a Dra. Glória Teixeira, salientou que existem poucas palavras para descrever a força e vitalidade da PASEC e que a Feira de Jogos Intercultural era apenas mais um exemplo disso. 

Da Feira deste ano, que conta com 11 roteiros, divididos por 5 dias, que estarão em 10 localidades diferentes com mais de 800 inscritos, contam os seguintes jogos gigantes e ações: o jogo “Formas Interculturais”; o jogo “Just Dance”; o jogo “New Rugby”; o jogo “Cestos Matemáticos”; o jogo “Peixes”; o workshop de Simbologia Lúdica “Geo Difference”; o jogo “Angry Birds Who its Who?”; a dinâmica de animação desportiva “Circuito Intercultural”; e os espetáculos de expressão corporal e dramática “Apocalipse” e “Liberta-te…”.

sexta-feira, 2 de outubro de 2015

PASEC traz UNESCO para Famalicão




A PASEC, por intermédia da ação concertada das suas duas estruturas, a PASEC InGroup e a PASEC ADN, possibilitará o nascimento do Cube UNESCO de Famalicão. Este novo serviço de grande alcance social e pedagógico disponibilizado pela PASEC ficará a funcionar na Casa das Ideias, em Santiago de Antas, Famalicão, ainda durante o mês de Outubro de 2015. 
Este é mais um passo no trabalho de consolidação da PASEC na promoção da Educação Intercultural ao nível internacional numa parceria que inclui, para além da UNESCO, o Instituto português do Desporto e Juventude.

Os Centros ou Clubes UNESCO são grupos de pessoas (associações sem fins lucrativos, ONG, escolas, universidades, fundações, círculos culturais, sociais e administrativos da comunidade), de todas as idades, todos os horizontes, de todas as condições, que acreditam nos ideais da UNESCO e desejam apoiar a Organização na sua missão. Estas estruturas têm como objetivo promover a UNESCO e os seus Programas, propagar os seus ideais através de atividades inspiradas nas atividades da Organização, contribuir para a formação cívica e democrática dos seus membros, apoiar os Direitos Humanos, favorecer a compreensão internacional e o diálogo entre os povos e difundir informação relativa à UNESCO junto do público. Em suma, constituem-se como um prolongamento da ação das Comissões Nacionais. Ao mesmo tempo é uma forma de reconhecer o trabalho de base feito por algumas organizações, como foi o caso da PASEC.

O primeiro Clube UNESCO surgiu no Japão em 1947, como um movimento espontâneo da sociedade civil. Em Portugal, o primeiro Centro UNESCO foi criado em 1989, no Porto.

A rede portuguesa de Centros e Clubes UNESCO conta atualmente com 27 Centros/Clubes de Norte a Sul do país, um dos quais em Paris, na secção portuguesa do Lycée International de Saint Germain-en-Laye.

A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura, UNESCO, é uma organização fundada em Paris a 4 de novembro de 1946 com o objetivo de contribuir para a paz e segurança no mundo através da educação, ciência, cultura e comunicações. O seu principal objetivo é reduzir o analfabetismo no mundo. Um dos seus programas mais importantes são os de proteção dos patrimónios culturais e naturais além do desenvolvimento dos meios de comunicação. A UNESCO criou o World Heritage Centre para coordenar a preservação e a restauração dos patrimónios históricos da humanidade, com atuação em 112 países.

Será já no próximo dia 16 do corrente mês a inauguração e assinatura da formalização do Clube UNESCO de Famalicão. Para a cerimónia estão confirmados o Diretor do Instituto Português da Juventude e a Presidente da Comissão Nacional da UNESCO.

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

CAMPOS INTERNACIONAIS DA PASEC ENVOLVEM MAIS DE UMA CENTENAS DE JOVENS



Durante o mês de Agosto a PASEC desenvolveu quatro campo de trabalho internacionais, mais concretamente em Itália (Milão e Varese), na Suiça (Alpes), em Abrantes e na Ilha de São Miguel nos Açores, envolvendo mais de 110 jovens entre os 15 e os 30 anos. Denominados “Geo 2015” esta série de intercâmbios internacionais interligam o método de Simbologia Grupal, os trabalhos de reflexão e a prática do Geocashing (procura e troca de tesouros simbólicos através de GPS), tendo como pano de fundo a vivência em ambiente de Clã, onde os vários dias de trabalhos são orientados por um Mestre.

Estiveram envolvidos jovens da Eslováquia, Itália, Portugal, Brasil, França e Cabo Verde e o tema de fundo assentou sobretudo na capacitação de jovens com necessidades especiais e nos denominados Jovens NEET (jovens sem emprego, que não estão em formação e que não frequentam a escola). Em especial destaque esteve o Campo de Trabalho de Abrantes, apoiado pelo Projeto Advance, suportado pelo Programa Erasmus + da União Europeia.

Este projeto de mobilidade pretendeu apoiar a reintegração de dezenas de jovens que nunca tiveram qualquer tipo de experiência ou intercâmbio internacional em processos de ensino-aprendizagem, envolvimento social e associativo, voluntariado ou no mercado de trabalho partindo do seu quadro de competência real, permitindo a cada um deles exercer em pleno o seu quadro de direitos e deveres enquanto cidadãos europeus. Por outro lado o intercâmbio pretendeu demonstrar que o contexto europeu e as oportunidades que este encerra através das instituições europeias são um universo aberto a todos, incluindo jovens com poucas oportunidades.

Foi possível revelar, disseminar e divulgar novas formas de reintegrar jovens NEET através de dinâmicas de educação não formal e que estas não têm de estar desintegradas dos modelos tradicionais de formação, educação ou profissionalização. Foi ainda possível potenciar o quadro de competências desenvolvidas através das aprendizagens ao longo da vida dos participantes, no quadro de dinâmicas de educação não formal, como fonte de novas oportunidades e ponto de partida para o desenho do seu plano de reinserção profissional. Foram dias de intenso trabalho e dedicação onde o diálogo intercultural, a cidadania europeia e troca de boas práticas serviram de pano de fundo ao trabalho de cooperação internacional da PASEC.

PASEC LANÇA PLATAFORMA ADN NO FINAL DO CAMPO INTERNACIONAL SURVIVAL 2015



Teve lugar no passado dia 27 de julho, pelas 15 horas, na Casa da Juventude de Famalicão, o lançamento oficial da Plataforma ADN, plataforma online e estrutural que dá forma ao Programa ADN da PASEC na sua dimensão internacional. Este evento teve lugar durante o Campo de Formação Internacional “Survival 2015”, integrado no projeto ADN, apoiado pelo Programa Erasmus + da União Europeia.

A Plataforma permitirá articular a ação de mais de 21 parceiros institucionais, 4 municípios, 11 escolas ou agrupamentos escolares, mais de 9300 jovens (através de todas as medidas de disseminação do projeto) e mais de 110 agentes educativos espalhados por 3 continentes (Ásia, Europa e África).

Na cerimónia pública estiveram: o Diretor do Instituto Português do Desporto e Juventude, Dr. Manuel Barros, que salientou os aspetos inovadores da Plataforma e o impacto que projeto ADN está a ter nos países em que está a ser implementado; o Diretor do Programa Erasmus + da União Europeia, Dr. Pedro Soares, que salientou que este é um projeto que congrega e articula a educação formal e não formal no contexto escolar; o Dr. Mário Passos, Vereador da Juventude do Município de Famalicão, que fez questão de relembrar o trabalho da PASEC junto das comunidades juvenis de maior risco; o Vereador da Educação do Município de Famalicão, Dr. Leonel Rocha, que fez questão de acentuar a dimensão de inovação pedagógica do Programa ADN; e o Prof. Abraão Costa, Coordenador Internacional do Projeto, que apresentou os principais fatores de inovação e diferenciação da Plataforma ADN.

A Plataforma ADN transporta para outra dimensão o projeto ADN. Este projeto tem-se destacado como exemplo de boas práticas porque introduz no meio escolar os processos de educação não formal como forma alternativa de trabalhar o currículo, tornando-o mais participativo e envolvente, permitindo aos grupos juvenis com mais dificuldades de aprendizagem ou inclusão um aprofundamento dos conteúdos mais consistente e baseado nas suas vivências pessoais.

A apresentação da Plataforma ADN foi apenas um dos eventos do Campo Internacional “Survival 2015”, que agregou Portugal, Cabo Verde, Turquia e Itália e terminou na Casa das Artes de Famalicão com o espetáculo “A Lógica do Tempo”, aberto a toda a comunidade e protagonizado pela Companhia de Teatro ADN (Artes Dramáticas do Nada) da PASEC e Companhia de Expressão Corporal e Artística Arena (também da PASEC).

“TEMPOS DE AVENTURA” DA PASEC CHEGAM A DEZENAS DE CRIANÇAS, JOVENS E ADULTOS



A PASEC entre os dias 15 de junho e 10 de Julho organizou a iniciativa “Tempos de Aventura 2015” com mais de 40 eventos que chegaram a mais de 40 crianças e jovens e a mais de 50 adultos. Aproveitando a pausa letiva alargada das tradicionais férias de verão escolares, foram 43 as crianças, adolescentes e jovens que integraram quatro semanas de Campos Pedagógicos e Ocupação dos Tempos Livres.

Durante estas quatro semanas foram discutidas as temáticas do “Escolher Ser”, “Escolher Estar”, “A participação” e “A Globalização” através da criação de curtas metragens, peças de teatro, reflexões através da técnica de Simbologia Grupal, interações públicas nos Museus de Famalicão, Workshop’s de Moda e Educação Ambiental, Laboratórios de Jogos e através dos momentos de debate “Caçadores de Bons Exemplos”.

Esta iniciativa teve também extensão a Cabo Verde, Turquia e Itália, através do Projeto ADN da PASEC, financiado pelo Programa Erasmus +. Neste países estiveram envolvidos mais de oitenta jovens entre os 13 e os 19 anos, na sua maior parte de contexto socioeconómicos e culturais muito desfavoráveis.

Ao nível dos Adultos, foram realizadas Sessões de Informática Criativa, Workshop’s de Meditação e Simbologia Grupal, Oficinas de Artes Oficinais, Cursos de Inglês e um Raid Cultural no Parque Nacional da Peneda Gerês, que teve lugar no passado dia 4 Julho. Estas ações tiveram lugar nas freguesias de santiago de Antas, Famalicão, Ruivães e Novais e São Martinho do Campo e estavam integradas no plano de ação da Escola de Adultos Habitat da PASEC.

Para além destas iniciativa teve também lugar quatro semanas de formação para dez jovens animadores na gestão de campos de férias e dinâmicas de animação, preparação de eventos e interação com jovens em situações de risco. Foram quatro semanas de intenso trabalho e que antecedem a iniciativa Survival Camp 2015, que integra quatro campos de trabalho e sobrevivência que chegarão a mais de 90 crianças e jovens entre os dias 13 e 27 de Julho.

PASEC E AFPAD ORGANIZAM JOGOS DA DIFERENÇA 2015


Teve lugar no passado dia 20 de Junho a edição dos Jogos da Diferença de 2015, integrada no Projeto Advantage PASEC. Este aconteceu na Casa das Ideias, na freguesia de Santiago de Antas, Famalicão.

Os Jogos deste ano juntaram mais de centena e meia de participantes, e mais uma vez, pôs em competição numa Feira de Jogos crianças, jovens, cidadãos portadores de deficiência e famílias, num conceito único em Portugal. Ao mesmo tempo aconteceram pequenos espetáculos cénicos e momentos de interação.

A iniciativa contou com o Vice-presidente do Município de Famalicão, o Dr. Ricardo Mendes, que salientou o “exemplo de inovação e Empreendorismo Social que é a PASEC, nomeadamente na inclusão de jovens e adultos em especial risco de exclusão”. Mário Martins, Presidente da AFPAD, manifestou a sua alegria pelos frutos da parceria entre a PASEC e a AFPAD já com três anos. Por fim, o Secretário-geral da PASEC, Abraão Costa, lembrou todo o trabalho da organização na inclusão de jovens e adultos com necessidades especiais.

Esta iniciativa marca mais uma etapa importante do Projeto Advantage, apoiado pelo programa Erasmus + da União Europeia, e considerado como projeto inspirador 2015 por este programa da União Europeia. Fizeram parte da competição e fórum sete jogos desenhados e projetados pelos grupos informais de jovens da PASEC: “Volei Sentado”; “Conexão Aleatória”; “A Grande Reportagem”; “Pergunta ou Consequência”; “Diference Domino”; e “Circuito Galáctico” e “New Party”. A próxima atividade do projeto tem lugar em Itália, em Varese, num Campo de Trabalho Internacional.

O Projeto Advantage deu origem à PASEC Advantage, área de intervenção da PASEC dedicada à inclusão e formação de jovens e adultos com necessidades especiais. Neste momento a intervenção já chega a mais de 200 jovens e adultos em três países.

quinta-feira, 18 de junho de 2015

Prémios ADN 2015 distinguem Companhia de Teatro Andaime e o jovem Pedro Inocêncio




Teve lugar mais uma final do Concurso ADN 2015 – Mostra do que és feito no passado dia 17 de Junho, pelas16h30 no Bar Concerto da Casa das Artes de Famalicão, numa cerimónia presidida pelo Sr. Presidente do Município de Famalicão Dr. Paulo Cunha, numa sala repleta perante mais de 150 pessoas.

Este ano foram apresentados a concurso mais de três dezenas de projetos protagonistas que envolveram milhares de crianças e jovens e apresentadas as candidaturas de quase uma centena de jovens protagonistas que se destacaram pelo seu exemplo enquanto cidadãos e dinamizadores da sua comunidade.

Na categoria de projeto protagonista do 3º Ciclo/Secundário foram à final os projetos “Creative Division” da Escola Profissional Forave, o projeto “Mixing Art” da Escola Profissional CIOR e a Companhia de Teatro Andaime do Agrupamento de Escolas Camilo Castelo Branco. Nesta categoria saiu vencedora a Companhia de Teatro Andaime. Na categoria de projeto protagonista do 1º Ciclo do Ensino Básico saiu vencedor o projeto “Interrogar a Ciência”, também do Agrupamento de Escolas Camilo Castelo Branco. Nesta categoria foram ainda finalistas o projeto do Agrupamento de Escolas Dona Maria II “Lagarinhos a Reciclar”, e o projeto do Agrupamento de Escolas de Ribeirão “Receitas Saudáveis”.

Na categoria de jovem protagonista 2015 foram finalistas: pelo Agrupamento de Escolas Camilo Castelo Branco, a aluna Manuela Brito de Oliveira, pela Cooperativa Ensino Didáxis de São Cosme, o aluno, Ivo Dias e pelo Agrupamento de Escolas de Gondifelos, o aluno Pedro Inocêncio. Acabou por ser o aluno Pedro Inocêncio a recolher a preferência do Júri.

O concurso, já na sua 3ª edição, pretende divulgar e promover projetos de caráter social e cultural das comunidades ou grupos escolares (ex.: núcleo, clube, associação de estudantes) que se distinguiram pelo seu impacto junto da comunidade e que no seu processo envolveram os jovens como protagonistas diretos no processo de conceção, implementação e avaliação do mesmo projeto. Este ano o concurso atinge uma dimensão internacional, envolvendo a Turquia, a Itália e Cabo Verde. O concurso é a face mais visível do Programa ADN, promovido pelo Município de Famalicão, a PASEC, o IPDJ e o Programa Erasmus + da União Europeia.

PASEC promove Campos de Férias “Tempo de Aventura 2015”



No seguimento do plano de ação da Casa das Ideias previsto para 2015, a PASEC vai promover os Campos de Férias “Tempos de Aventura 2015”, no sentido de dar resposta a todos os pais e encarregados de educação que não encontravam solução para os seus filhos e educandos durante o período de Verão e de Férias Escolares.

Os Campo de Férias “Tempos de Aventura” são completamente diferentes de todos os outros, não só pelo seu alcance social, como pela multiplicidade de desafios que oferecem aos jovens envolvidos durante um mês inteiro de atividades. Tendo lugar de 15 junho a 15 julho, os “Tempos de Aventura” têm quatro temas centrais: “Escolher Ser”; “Escolher Estar”; “A Participação”; e a “A Globalização”. A cada um dos temas corresponderá a organização de um evento aberto à comunidade, que passará por um Festival de Curtas-metragens, uma exposição de Artes Plásticas, uma peça de teatro e a organização de um acantonamento. Pelo meio, os participantes poderão usufruir de eventos de Geocashing (procura de tesouros simbólicos através de GPS), muitas visitas culturais, workshops de Meditação, Laboratórios de Jogos, a Oficina “Caçadores de Bons Exemplos”, Desportos Radicais, Piscina e Oficinas de Educação Intergeracional e Intercultural. 

Os Campos funcionarão em grupos de 20 crianças e adolescentes e têm o apoio do Clube UNESCO de Famalicão, do Município de Vila Nova de Famalicão, de várias empresas parceiras e Agrupamentos de Escolas. As inscrições são feitas Casa das Ideias ou através dos contactos habituais. Para além de proporcionar uma oportunidade única de férias e educação não formal a um conjunto de crianças e adolescentes que de outra forma não conseguiriam, os “Tempos de Aventura” assentam a sua metodologia numa pedagogia participativa, num programa orientado para a participação direta e envolvida das crianças e jovens participantes, sendo elas e eles as gestoras dos principais processos de decisão e avaliação do plano de ação. Em todas as suas iniciativas e ações os “Tempos de Aventura chegarão a mais de 120 crianças e jovens, sendo que os Jogos da Diferença 2015 serão o seu ponto alto, no próximo dia 20 de Junho.

domingo, 10 de maio de 2015

UE distingue Advantage da PASEC como projeto Inspirador 2015


A PASEC Advantage, área de intervenção da PASEC direcionada para a intervenção e trabalho de Empreendorismo Social e Empregabilidade com jovens e adultos portadores de deficiência ou com necessidades especiais foi considerada pela União Europeia, através do Programa Erasmus+ - Juventude em Ação, projeto inspirador 2015. 

O prémio foi entregue no passado dia 9 de Maio, pelas 14h30, no Centro Cultural de Belém em Lisboa por parte do Comissário Europeu para Inovação, Dr. Carlos Moedas, pelo Secretário de Estado do Desporto e Juventude, Dr. Emídio Guerreiro e pelo Diretor do programa Erasmus + - Juventude em Ação, Dr. Pedro Soares. A cerimónia teve lugar durante o evento de encerramento da Semana Europeia da Juventude. Pela PASEC estiveram presentes o Presidente da Assembleia Geral da PASEC, Dr. Nuno Simões e a Presidente do Conselho Fiscal, Dra. Ana Andrade.


Na impossibilidade de estar presente, a Presidente da PASEC, Susana Paiva, salientou em comunicado o “orgulho da PASEC em receber tão honrada distinção, que só responsabiliza ainda mais a organização para os desafios do futuro”. Em comunicado, recordou que a PASEC Advantage oferece soluções únicas no contexto europeu como as Incubadoras de Iniciativas Jovem, que visam trabalhar competência para empregabilidade junto de jovens com necessidades especiais, e o estudo de novos modelos de inclusão inteligentes de inclusão no mercado laboral europeu direcionados à integração de jovens e adultos com necessidades especiais.

Neste momento o projeto chega já a mais de 200 jovens e adultos na Eslováquia, Portugal e Itália.

PASEC representa Portugal em Bruxelas durante a Semana Europeia da Juventude

Ainda durante os dias 5 a 9 de Maio teve lugar em Bruxelas os principais eventos de comemoração da Semana Europeia da Juventude. Portugal fez-se representar, entre outros, pela Dra. Patrícia Ribeiro, escolhida para representar Portugal em nome da Federação Nacional de Associações Juvenis e da PASEC. 

sábado, 4 de abril de 2015

PASEC leva Anima 2015 à Galiza



Terminou no passado dia 4 de Abril o ANIMA 2015 – Encontro Internacional de Jovens Animadores.Os últimos dias de trabalho tiveram lugar em Terras do Bouro e Rio Caldo e nas localidades de Lobios e Galez, em plena Galiza. Durante estes dias de trabalho tiveram lugar diversas interações com as populações locais através de fóruns públicos e eventos de animação cultural. Os participantes envolvidos nos primeiros dias do ANIMA 2015 elegeram 14 representantes que representaram os demais junto dos parceiros galegos.

Foram dias dedicados à discussão de novas formas de inclusão das populações em maior risco de exclusão através de medidas que, necessariamente, terão de ser mais duradouras e preventivas, em vez das medidas usualmente tomadas, que os participantes consideraram ser “sempre tomadas em cima da hora e sem resultados concretos a médio e longo prazo”.

Foram feitos vários workshops recorrendo à simulação de situações reais, laboratórios de experimentação de novas técnicas de animação e acolhimento e sessões de debate sobre o Ano Europeu do Desenvolvimento. 

Por outro lado, estes dias foram também aproveitados para a formação de dirigentes associativos juvenis, cooperação e partilha de boas práticas transfronteiriça e para projetar o ANIMA 2016, em princípio a realizar em Espanha. Durante estas sessões foram partilhadas novas abordagens pedagógicas com base nas metodologias de Simbologia Grupal e Corporal, no método do Mestre e Aprendiz e com base na Pedagogia Participativa do Contraditório.

O Encontro está integrado no Programa Erasmus + - Juventude em Ação da União Europeia através do projeto Advantage, integrada na Ação Chave 2.

terça-feira, 31 de março de 2015

ANIMA 2015 discutiu os novos caminhos da Inclusão e Inovação

Iniciativa da PASEC junta mais de 1500 participantes em todas a iniciativas





Teve lugar no passado dia 30 de Março, pelas 09h30, a abertura oficial do ANIMA 2015 – Encontro Internacional de Jovens Animadores, na Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão.

Tendo como tema integrador "Inclusão e Inovação", a abertura oficial teve lugar com a performance da Literatuna da Universidade do Minho. Seguiu-se a intervenção da Presidente da PASEC dando as boas vindas aos presentes. Por sua vez o Diretor do Instituto Português do Desporto e Juventude, Dr. Manuel Barros, fez questão de lembrar que o ANIMA 2015 é apenas mais um exemplo do trabalho de inclusão social inovador e consistente protagonizado pela PASEC nos últimos anos. De seguida, o Diretor do Programa Erasmus + da União Europeia, Dr. Pedro Soares, registou que descobrir novas formas de inclusão que envolvam as pessoas no seu próprio processo de desenvolvimento social são o único caminho para uma sociedade mais justa, e nomeou a PASEC como um dos exemplos a ter em conta. Por fim, o Presidente do Município de Famalicão, Dr. Paulo Cunha, fez questão de reforçar o exemplo de Famalicão como município inclusivo e o contributo que a PASEC tem dado nesse capítulo. Seguiram-se entretanto as conferências “Inclusão e Inovação com Cidadãos com Necessidades Especiais”, “Inclusão e Inovação em Animação Sociocultural” e “Inclusão e Inovação em comunidades de risco”.

Participam no ANIMA 2015, para além dos já referidos anteriormente, dezenas de especialistas e autoridades europeias e nacionais. Entre eles o Dr. Stefano Bottelli de Itália, Dr. Eduardo Garcia de Cabo Verde, Dr. Carlos Costa (Presidente da APDASC), Mestre Luís Bessa, Prof. Doutor Fernando Ilídio Ferreira da Universidade do Minho, entre outros. 

Depois de ter começado em Mafra no passado dia 24 de Março, a 7ª edição do Anima- EIJA, tem prolongamentos em Terras do Bouro e na Galiza, envolvendo mais de 1500 participantes em mais de 30 eventos. Para além das conferências são desenvolvidos dezenas de Workshops, espetáculos, exposições, mostras pedagógicas, interações com a comunidade e fóruns públicos. Destaque para o espetáculo do dia 29 de março, no grande auditório da Casa das Artes de Famalicão, que teve como tema “Não tenhas medo do teu poder…”, protagonizado pela Companhia de Teatro ADN da PASEC.

Depois de já ter sido organizado em França, Itália, no Perú, na Ilha da Madeira e em Cabo Verde, com o tempo, o ANIMA - EIJA tornou-se num dos maiores fóruns de Animação Sociocultural e Educativa da Europa e do panorama Iberoamericano não só pela sua singularidade, mas pela multiplicidade de eventos que gera à sua volta. O que o torna único é sobretudo o seu formato metodológico. As conferências são sempre em formato de estudo de caso com a participação dos atores reais, seja através de espetáculo incluídos nas próprias conferências, seja através do seu testemunho real. Foram os jovens agentes educativos os protagonistas de todos os momentos de debate, intervenção e espetáculo, dando aos especialistas o papel de avaliadores e comentadores. Os workshop's foram eminentemente práticos e com demonstração real. 

O Encontro está integrado no Programa Erasmus + da União Europeia através do projeto Advantage. Teve como parceiros o Município de Famalicão, o IPDJ, a Escola Profissional CIOR, a Cooperativa de Ensino Didáxis, a TOTEM de Itália, a Juventude da Cruz Vermelha de Braga, o Teatro Infantil de Braga, a FAJUB, a Casa da Juventude de Guimarães, entre muitos outros.

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

“Diários da Outra Face” da PASEC revela exemplos de Protagonismo Juvenil

Cerimónia marcou também o lançamento do Concurso ADN 2015



A PASEC e o Município de Famalicão, através do Pelouro da Educação, marcaram o início do Concurso ADN – Mostra do que és feito 2015 no passado dia 19 de Fevereiro, na Casa do Território, no Parque da Devesa em Famalicão, com o lançamento do Livro “Diários da Outra Face” que retratam as histórias e testemunhos dos projetos e jovens vencedores do ano de 2014. O Concurso ADN é face mais visível do programa de combate aos fenómenos de exclusão social em contexto escolar denominado Programa ADN, promovido pela PASEC e Município de Famalicão.

Perante dezenas de convidados, com praticamente todas as Direções dos Agrupamentos de Escolas, Cooperativas de Ensino e Escolas Profissionais de Famalicão presentes, coube ao Secretário-geral da PASEC, Abraão Costa, fazer um enquadramento da atual dimensão do Programa ADN. Foi lembrado que, só no concelho de Famalicão, já são mais de 280 as crianças, adolescentes e jovens envolvidos nos grupos, turmas e equipas de formação do Programa ADN, neste momento a ser implementado na maior parte dos estabelecimentos de ensino de Famalicão. Para além de Famalicão, o programa já está também no terreno em Guimarães, Braga e Santo Tirso.

Por sua vez, coube ao Dr. Leonel Rocha, Vereador da Educação no Município de Famalicão, apresentar a obra “Diários da Outra Face”, que o mesmo destacou como um importante contributo para todos aqueles que desejam conhecer exemplos concretos de Protagonismo Juvenil. O mesmo fez ainda menção à metodologia de ação e formação PASEC, a Simbologia Grupal, como um exemplo de dinâmica social e método capaz de mobilizar os jovens e comprometê-los com processos tão importantes como o exercício da sua Cidadania Ativa. De seguida, a Dra. Glória Teixeira, em nome do Instituto Português do Desporto e Juventude, acentuou o trabalho disseminador e de coesão territorial da PASEC através da sua Rede Internacional de Grupos Informais, a PASEC In Group. Por fim foi dada a palavra a alguns dos protagonistas do Programa ADN 2014, nomeadamente os jovens vencedores do Concurso ADN 2014.

O Programa ADN surgiu no seguimento do projeto Special Demoacrcy, apoiado pelo programa Juventude em Ação da União Europeia. Ao fim de 3 anos chega agora à Turquia, Itália e Cabo Verde, mais concretamente às localidades de Kaisery (Turquia), Gorla Maggiore, Castiglione Ollona (ambas em Itália), São Filipa e Mosteiros (ambas em Cabo Verde, Ilha do Fogo). Ao nível do Concurso ADN, a face mais visível do Programa ADN, este ano quintuplicou o número de jovens e projetos envolvidos, duplicando o número de escolas envolvidas, avançando numa segunda fase para uma escala internacional. Este ano vão também a concurso projetos desenvolvidos no âmbito do 1º Ciclo do Ensino Básico.

domingo, 8 de fevereiro de 2015

PASEC junta dezenas de jovens a refletir “Escolher Ser”


A PASEC juntou entre os dias 7 e 8 de Janeiro dezenas de crianças, adolescentes e jovens em mais um Encontro Nacional de Crianças e Adolescentes que teve como tema de partida “Escolher Ser”, atividade integrada no projeto Extreme Paths, apoiado pelo programa Juventude em Ação da União Europeia.

A atividade teve lugar na Quinta da Costa, em Mouquim, Famalicão e dividiu-se em 3 momentos diferentes. A atividade iniciou-se na tarde do dia 7 com uma Feira de Jogos para a Cidadania sobre as oportunidades que cada um de nós tem para escolher ser, estar e fazer a diferença na vida dos outros. A esta atividade seguiram-se os trabalhos de grupos que culminaram com a apresentação, à noite, das conclusões através de Expressão Dramática. Na manhã do dia 8 teve lugar o momento de avaliação por parte dos participantes e uma ação de formação sobre “Metodologias de Avaliação Participativa aplicadas ao contexto juvenil”.

Foram conclusões deste encontro que cada um nem sempre está preparado para escolher, sobretudo os adolescentes e jovens. Numa sociedade onde somos bombardeados diariamente com todo o tipo de ofertas, oportunidades e produtos, saber escolher tornou-se um imperativo. Fazê-lo de forma esclarecida, informada e livre é o desafio com que os jovens se deparam numa base diária. Outras das conclusões dos participantes foi que que o processo de tomadas de decisão é um ato de consequências e causas e que em nenhum momento deve por em causa a liberdade e bem-estar dos que nos rodeiam.

Este encontro enquadrou-se num plano de trabalho levado a cabo pelo Projeto Europeu “Extreme Paths”. Este tem como principais objetivos: formar os jovens em situação de extrema exclusão enquanto mediadores de processos de participação juvenil no âmbito do desenvolvimento local e comunitário e os técnicos na área da juventude que com eles operam; informar e formar os jovens envolvidos das oportunidades da Europa alargada enquadrado numa perspetiva de Educação para a Cidadania; promover a Literacia Mediática enquanto modo de formar jovens Cidadãos europeus integrados e ativos nas suas comunidades partindo das suas experiências e histórias de vida; promover a interação de jovens de diferentes países; criar um conjunto de ferramentas pedagógicas que sirvam de suporte à ação do projeto e como complemento de formação aos jovens e agentes educativos direta e indiretamente envolvidos.

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

A PASEC distinguida como ES +



A PASEC foi distinguida pelo IES (Instituto de Empreendorismo Social), IPAV (Instituto Padre António Vieira), Fundação Calouste Gulbenkian e pela Fundação EDP como ES + - Iniciativas de Elevado Potencial em Empreendedorismo Social. Foi no passado dia 21 de Janeiro, no período da manhã, na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa. Foi durante a apresentação dos resultados da iniciativa Mapa de Inovação e Empreendorismo Social onde estiveram presentes, entre outros, o Ministro Adjunto e do Desenvolvimento Regional, Dr. Poiares Maduro.

A metodologia ES+ foi desenvolvida pelo IES- Social Business School com o propósito de identificar iniciativas de elevado potencial de empreendedorismo social, considerando empreendedorismo social como um processo de procura de soluções inovadoras e sustentáveis para a resolução de problemas importantes e negligenciados da sociedade . Distingue-se por ser uma metodologia de proximidade, envolvendo um contacto muito próximo com cada região, através de entrevistas a pessoas locais e inquéritos aprofundados a iniciativas identificadas.

Após quatro anos de experiência acumulada na aplicação da metodologia ES+, e com o reconhecimento internacional pelos painéis de boas práticas da Rede Académica Europeia de Economia Social (EMES) e pelo Parlamento e Comissão Europeia, surgiu a ambição de mapear iniciativas de elevado potencial de inovação e empreendedorismo social em todo o território nacional e nos países da CPLP (Comunidade de Países de Língua Portuguesa). Assim em 2012, nasceu o MIES – Mapa de Inovação e Empreendedorismo Social que, através da aplicação da metodologia de pesquisa ES+, ao longo de dois anos, identificou iniciativas de elevado potencial de empreendedorismo social no Norte, Alentejo e Centro do País. No final do mesmo ano de 2012, concretiza-se a primeira réplica internacional da metodologia ES+ em Maputo, Moçambique, num total de 13 iniciativas identificadas como ES+ Maputo.

Os critérios de seleção de iniciativas de elevado potencial de empreendedorismo social baseiam-se em cinco caraterísticas fundamentais: Uma forte Missão Social – resolvem-se problemas sociais importantes e negligenciados da sociedade; Potencial de Impacto - transformando mercados, comportamentos, políticas públicas e as dinâmicas na sociedade e/ou no ambiente; Capacidade de Empoderamento Local e Inclusão Social - envolvendo e capacitando os beneficiários e outras partes interessadas; Potencial de Inovação e de forma Sustentável - através de novas soluções baseadas em modelos de funcionamento eficientes e viáveis que desafiam a visão tradicional e que permitem resolver problemas da sociedade com uma eficácia superior relativamente às soluções alternativas existentes; Potencial de Crescimento - com a preocupação e capacidade de escalar a solução e/ou se disseminar através de replicação.

domingo, 18 de janeiro de 2015

AIJ 2014 fecha com o lançamento da PASEC ADN

Novo Programa ADN chega a 4 países e mais de 700 jovens
                                                            



A Assembleia Internacional Juvenil de 2014 uniu participantes do continente europeu, africano e americano em mais de dois meses de trabalho que passaram pela Lituânia, Espanha, Portugal e Cabo Verde e terminou com o lançamento da PASEC ADN, estrutura que agrupará todas as intervenções da PASEC em contexto escolar e que agora ganha dimensão internacional com intervenções em Cabo Verde, Itália e Turquia.

Foi no dia 17 de janeiro, durante o fecho de mais uma etapa da Assembleia Internacional Juvenil, que foi apresentada a PASEC ADN, sob o signo do conceito das “Cidades Amigas da Juventude”.

O Programa ADN nasceu em Famalicão fruto da colaboração entre o Município de Famalicão, a PASEC e os Agrupamentos de Escolas de Famalicão. A face mais visível deste Programa têm sido os Prémios do Protagonismo Juvenil ADN. A partir desta intervenção e com o apoio do Programa Erasmus + da União Europeia vai ser possível alargar a intervenção a nível internacional.

O no Programa ADN, assente na estrutura da PASEC ADN pretende: promover a participação juvenil na formulação das políticas de juventude; combater o abandono escolar e focos de desemprego juvenil e junto dos jovens oriundos dos meios mais desfavorecidos através de um processo pedagógico participativo, onde cada jovem redesenhará o seu projeto de vida com base em objetivos de vida e metas realistas determinadas pelos mesmos; combater os fenómenos de Trabalho Infantil (com especial incidência para Cabo Verde); promover as dinâmicas de Democracia Participativa como forma de promoção do protagonismo juvenil junto dos jovens em situação de risco através do nascimento de grupos informais de jovens e novas associações juvenis que sirvam de resposta às necessidades e portencialidades dos jovens envolvidos; fomentar um processo de educação não formal que assenta no compromisso para um crescimento mais inclusivo através do nascimento de espaços lúdicos apelidados de “IDEIAS”; criar uma estrutura de suporte e apoio a dinâmicas e ações viradas para públicos juvenis de combate à pobreza e à marginalização; promover a criatividade e empreendedorismo como forma de incentivar a integração e reintegração profissional e social dos jovens; dar a conhecer a Europa e o Erasmus + como espaços geradores de novas oportunidades de inclusão, formação e emancipação; dar visibilidade e divulgar novas formas e métodos de educação não formal inclusivos.

Nesta fase o Programa ADN tem 217 jovens envolvidos, entre os 8 e os 19 anos, só no concelho de Famalicão. Com a evolução do projeto para o contexto internacional será possível chegar a mais e setecentos até Março de 2017 em Cabo Verde, Itália, Turquia e Portugal.