sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

“Diários da Outra Face” da PASEC revela exemplos de Protagonismo Juvenil

Cerimónia marcou também o lançamento do Concurso ADN 2015



A PASEC e o Município de Famalicão, através do Pelouro da Educação, marcaram o início do Concurso ADN – Mostra do que és feito 2015 no passado dia 19 de Fevereiro, na Casa do Território, no Parque da Devesa em Famalicão, com o lançamento do Livro “Diários da Outra Face” que retratam as histórias e testemunhos dos projetos e jovens vencedores do ano de 2014. O Concurso ADN é face mais visível do programa de combate aos fenómenos de exclusão social em contexto escolar denominado Programa ADN, promovido pela PASEC e Município de Famalicão.

Perante dezenas de convidados, com praticamente todas as Direções dos Agrupamentos de Escolas, Cooperativas de Ensino e Escolas Profissionais de Famalicão presentes, coube ao Secretário-geral da PASEC, Abraão Costa, fazer um enquadramento da atual dimensão do Programa ADN. Foi lembrado que, só no concelho de Famalicão, já são mais de 280 as crianças, adolescentes e jovens envolvidos nos grupos, turmas e equipas de formação do Programa ADN, neste momento a ser implementado na maior parte dos estabelecimentos de ensino de Famalicão. Para além de Famalicão, o programa já está também no terreno em Guimarães, Braga e Santo Tirso.

Por sua vez, coube ao Dr. Leonel Rocha, Vereador da Educação no Município de Famalicão, apresentar a obra “Diários da Outra Face”, que o mesmo destacou como um importante contributo para todos aqueles que desejam conhecer exemplos concretos de Protagonismo Juvenil. O mesmo fez ainda menção à metodologia de ação e formação PASEC, a Simbologia Grupal, como um exemplo de dinâmica social e método capaz de mobilizar os jovens e comprometê-los com processos tão importantes como o exercício da sua Cidadania Ativa. De seguida, a Dra. Glória Teixeira, em nome do Instituto Português do Desporto e Juventude, acentuou o trabalho disseminador e de coesão territorial da PASEC através da sua Rede Internacional de Grupos Informais, a PASEC In Group. Por fim foi dada a palavra a alguns dos protagonistas do Programa ADN 2014, nomeadamente os jovens vencedores do Concurso ADN 2014.

O Programa ADN surgiu no seguimento do projeto Special Demoacrcy, apoiado pelo programa Juventude em Ação da União Europeia. Ao fim de 3 anos chega agora à Turquia, Itália e Cabo Verde, mais concretamente às localidades de Kaisery (Turquia), Gorla Maggiore, Castiglione Ollona (ambas em Itália), São Filipa e Mosteiros (ambas em Cabo Verde, Ilha do Fogo). Ao nível do Concurso ADN, a face mais visível do Programa ADN, este ano quintuplicou o número de jovens e projetos envolvidos, duplicando o número de escolas envolvidas, avançando numa segunda fase para uma escala internacional. Este ano vão também a concurso projetos desenvolvidos no âmbito do 1º Ciclo do Ensino Básico.

domingo, 8 de fevereiro de 2015

PASEC junta dezenas de jovens a refletir “Escolher Ser”


A PASEC juntou entre os dias 7 e 8 de Janeiro dezenas de crianças, adolescentes e jovens em mais um Encontro Nacional de Crianças e Adolescentes que teve como tema de partida “Escolher Ser”, atividade integrada no projeto Extreme Paths, apoiado pelo programa Juventude em Ação da União Europeia.

A atividade teve lugar na Quinta da Costa, em Mouquim, Famalicão e dividiu-se em 3 momentos diferentes. A atividade iniciou-se na tarde do dia 7 com uma Feira de Jogos para a Cidadania sobre as oportunidades que cada um de nós tem para escolher ser, estar e fazer a diferença na vida dos outros. A esta atividade seguiram-se os trabalhos de grupos que culminaram com a apresentação, à noite, das conclusões através de Expressão Dramática. Na manhã do dia 8 teve lugar o momento de avaliação por parte dos participantes e uma ação de formação sobre “Metodologias de Avaliação Participativa aplicadas ao contexto juvenil”.

Foram conclusões deste encontro que cada um nem sempre está preparado para escolher, sobretudo os adolescentes e jovens. Numa sociedade onde somos bombardeados diariamente com todo o tipo de ofertas, oportunidades e produtos, saber escolher tornou-se um imperativo. Fazê-lo de forma esclarecida, informada e livre é o desafio com que os jovens se deparam numa base diária. Outras das conclusões dos participantes foi que que o processo de tomadas de decisão é um ato de consequências e causas e que em nenhum momento deve por em causa a liberdade e bem-estar dos que nos rodeiam.

Este encontro enquadrou-se num plano de trabalho levado a cabo pelo Projeto Europeu “Extreme Paths”. Este tem como principais objetivos: formar os jovens em situação de extrema exclusão enquanto mediadores de processos de participação juvenil no âmbito do desenvolvimento local e comunitário e os técnicos na área da juventude que com eles operam; informar e formar os jovens envolvidos das oportunidades da Europa alargada enquadrado numa perspetiva de Educação para a Cidadania; promover a Literacia Mediática enquanto modo de formar jovens Cidadãos europeus integrados e ativos nas suas comunidades partindo das suas experiências e histórias de vida; promover a interação de jovens de diferentes países; criar um conjunto de ferramentas pedagógicas que sirvam de suporte à ação do projeto e como complemento de formação aos jovens e agentes educativos direta e indiretamente envolvidos.