domingo, 8 de fevereiro de 2015

PASEC junta dezenas de jovens a refletir “Escolher Ser”


A PASEC juntou entre os dias 7 e 8 de Janeiro dezenas de crianças, adolescentes e jovens em mais um Encontro Nacional de Crianças e Adolescentes que teve como tema de partida “Escolher Ser”, atividade integrada no projeto Extreme Paths, apoiado pelo programa Juventude em Ação da União Europeia.

A atividade teve lugar na Quinta da Costa, em Mouquim, Famalicão e dividiu-se em 3 momentos diferentes. A atividade iniciou-se na tarde do dia 7 com uma Feira de Jogos para a Cidadania sobre as oportunidades que cada um de nós tem para escolher ser, estar e fazer a diferença na vida dos outros. A esta atividade seguiram-se os trabalhos de grupos que culminaram com a apresentação, à noite, das conclusões através de Expressão Dramática. Na manhã do dia 8 teve lugar o momento de avaliação por parte dos participantes e uma ação de formação sobre “Metodologias de Avaliação Participativa aplicadas ao contexto juvenil”.

Foram conclusões deste encontro que cada um nem sempre está preparado para escolher, sobretudo os adolescentes e jovens. Numa sociedade onde somos bombardeados diariamente com todo o tipo de ofertas, oportunidades e produtos, saber escolher tornou-se um imperativo. Fazê-lo de forma esclarecida, informada e livre é o desafio com que os jovens se deparam numa base diária. Outras das conclusões dos participantes foi que que o processo de tomadas de decisão é um ato de consequências e causas e que em nenhum momento deve por em causa a liberdade e bem-estar dos que nos rodeiam.

Este encontro enquadrou-se num plano de trabalho levado a cabo pelo Projeto Europeu “Extreme Paths”. Este tem como principais objetivos: formar os jovens em situação de extrema exclusão enquanto mediadores de processos de participação juvenil no âmbito do desenvolvimento local e comunitário e os técnicos na área da juventude que com eles operam; informar e formar os jovens envolvidos das oportunidades da Europa alargada enquadrado numa perspetiva de Educação para a Cidadania; promover a Literacia Mediática enquanto modo de formar jovens Cidadãos europeus integrados e ativos nas suas comunidades partindo das suas experiências e histórias de vida; promover a interação de jovens de diferentes países; criar um conjunto de ferramentas pedagógicas que sirvam de suporte à ação do projeto e como complemento de formação aos jovens e agentes educativos direta e indiretamente envolvidos.

Nenhum comentário: