domingo, 18 de outubro de 2015

Feira de Jogos Intercultural 2015 atinge mais de 800 participantes


                                                            




A PASEC organiza este ano mais uma edição da Feira de Jogos Intercultural. Para além de assinalar o oitavo ano da organização, este ano o evento contou ainda com o momento da eleição dos novos corpos gerentes da PASEC para o biénio de 2015.2017. 

Perante mais de cento e cinquenta crianças, adolescentes, jovens e encarregados de educação, o primeiro dia do evento teve lugar Casa das Ideias, Vila Nova de Famalicão, no passado dia 18 de Outubro. O certame decorre ainda durante os dias 20, 21, 22 e 23 de Outubro em mais de uma dezena de freguesias e escolas de Vila Nova de Famalicão para mais de 800 participantes inscritos na edição de 2015. 

Na abertura, que contou com a apresentação da peça de teatro “Apocalipse” pela Companhia de Teatro ADN da PASEC, a Presidente da PASEC salientou a importância do evento e a forma como marcou a marca a história da PASEC. Por sua vez, o Vereador da Juventude do Município de Famalicão, Dr. Mário Passos, salientou mostrar-se surpreendido pelo número de jovens presentes apesar do mau tempo. Por fim, pelo Instituto Português do Desporto e da Juventude, a Dra. Glória Teixeira, salientou que existem poucas palavras para descrever a força e vitalidade da PASEC e que a Feira de Jogos Intercultural era apenas mais um exemplo disso. 

Da Feira deste ano, que conta com 11 roteiros, divididos por 5 dias, que estarão em 10 localidades diferentes com mais de 800 inscritos, contam os seguintes jogos gigantes e ações: o jogo “Formas Interculturais”; o jogo “Just Dance”; o jogo “New Rugby”; o jogo “Cestos Matemáticos”; o jogo “Peixes”; o workshop de Simbologia Lúdica “Geo Difference”; o jogo “Angry Birds Who its Who?”; a dinâmica de animação desportiva “Circuito Intercultural”; e os espetáculos de expressão corporal e dramática “Apocalipse” e “Liberta-te…”.

sexta-feira, 2 de outubro de 2015

PASEC traz UNESCO para Famalicão




A PASEC, por intermédia da ação concertada das suas duas estruturas, a PASEC InGroup e a PASEC ADN, possibilitará o nascimento do Cube UNESCO de Famalicão. Este novo serviço de grande alcance social e pedagógico disponibilizado pela PASEC ficará a funcionar na Casa das Ideias, em Santiago de Antas, Famalicão, ainda durante o mês de Outubro de 2015. 
Este é mais um passo no trabalho de consolidação da PASEC na promoção da Educação Intercultural ao nível internacional numa parceria que inclui, para além da UNESCO, o Instituto português do Desporto e Juventude.

Os Centros ou Clubes UNESCO são grupos de pessoas (associações sem fins lucrativos, ONG, escolas, universidades, fundações, círculos culturais, sociais e administrativos da comunidade), de todas as idades, todos os horizontes, de todas as condições, que acreditam nos ideais da UNESCO e desejam apoiar a Organização na sua missão. Estas estruturas têm como objetivo promover a UNESCO e os seus Programas, propagar os seus ideais através de atividades inspiradas nas atividades da Organização, contribuir para a formação cívica e democrática dos seus membros, apoiar os Direitos Humanos, favorecer a compreensão internacional e o diálogo entre os povos e difundir informação relativa à UNESCO junto do público. Em suma, constituem-se como um prolongamento da ação das Comissões Nacionais. Ao mesmo tempo é uma forma de reconhecer o trabalho de base feito por algumas organizações, como foi o caso da PASEC.

O primeiro Clube UNESCO surgiu no Japão em 1947, como um movimento espontâneo da sociedade civil. Em Portugal, o primeiro Centro UNESCO foi criado em 1989, no Porto.

A rede portuguesa de Centros e Clubes UNESCO conta atualmente com 27 Centros/Clubes de Norte a Sul do país, um dos quais em Paris, na secção portuguesa do Lycée International de Saint Germain-en-Laye.

A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura, UNESCO, é uma organização fundada em Paris a 4 de novembro de 1946 com o objetivo de contribuir para a paz e segurança no mundo através da educação, ciência, cultura e comunicações. O seu principal objetivo é reduzir o analfabetismo no mundo. Um dos seus programas mais importantes são os de proteção dos patrimónios culturais e naturais além do desenvolvimento dos meios de comunicação. A UNESCO criou o World Heritage Centre para coordenar a preservação e a restauração dos patrimónios históricos da humanidade, com atuação em 112 países.

Será já no próximo dia 16 do corrente mês a inauguração e assinatura da formalização do Clube UNESCO de Famalicão. Para a cerimónia estão confirmados o Diretor do Instituto Português da Juventude e a Presidente da Comissão Nacional da UNESCO.