domingo, 9 de junho de 2019

JOGOS DA DIFERENÇA 2019 JUNTAM MAIS DE 350 PARTICIPANTES

Momento do espetáculo de abertura dos JD2019


A PASEC em parceria com a AFPAD, Agrupamento de Escolas Camilo Castelo Branco, Associação Pró-Outeiro, Casa da Juventude de Guimarães, Escola Bento Jesus Caraça e Município de Famalicão organizaram os Jogos da Diferença 2019. Foram mais de 350 os participantes que, na Escola Júlio Brandão, deram forma a um evento que já vai na sua sexta edição. 

Na abertura, a Vereadora da Família e Juventude do Município de Famalicão, Sofia Fernandes, recordou o trabalho da PASEC no âmbito da Educação para a Diferença ao nível local e europeu. Identificou os Jogos da Diferença como uma atividade única porque “envolve todos, dá protagonismo a todos e revela a diferença entre todos como uma oportunidade de encontro de dinâmica social”. Por sua vez, a Presidente da PASEC, Sara Gomes, agradeceu a disponibilidade de todos os parceiros. Ainda na abertura, o Diretor da Escola Bento Jesus Caraça de Guimarães registou a disponibilidade da Escola para continuar a colaborar nestes projetos. 

O evento abriu com o espetáculo “A Multiplicação na Diferença… “. Esta demonstração performativa juntou a Companhia de Teatro ADN da PASEC, a Companhia de Dança e Expressão Corporal da PASEC, Arena, a Companhia de Música da PASEC, os ADV, e a sua Companhia de Percussão 2.90. Subiram a palco mais de 50 crianças e jovens que fundiram as três artes numa demonstração performativa assente na temática do “Ideário da Multiplicação”. 

Entretanto teve lugar a competição dividida por oito jogos gigantes e oito equipas. Cada equipa integrava jovens com necessidades especiais. No fim do evento foram entregues os troféus aos participantes e vencedores. Todos os jogos foram concebidos pelos jovens animadores tutores que semanalmente dinamizam os grupos da Rede Internacional de Grupos Informais Juvenis da PASEC. Esteve também integrada nos Jogos da Diferença 2019 a Prova de Aptidão Profissional dos alunos do 12º ano do Curso de Técnico de Juventude da Escola Bento Jesus Caraça de Guimarães.

PASEC LEVA PROJETO ORIGINS AO QUÉNIA E TANZÂNIA

DSC 0473


Depois do Camboja, Perú, Cabo Verde, Vietname, Palestina e Israel o projeto Origins da PASEC esteve nos territórios do Quénia e Tanzânia. O objetivo passava por perceber como é possível preservar os Ecossistemas e a Biodiversidade em equilíbrio com a práticas de Turismo Social e Sustentável tendo por base o facto de os territórios envolvidos terem sido declarados Património da Humanidade pela UNESCO. Ao mesmo tempo pretendeu-se estudar de que modo podiam as populações locais ou povos indígenas usufruírem de novas oportunidades de desenvolvimento geradas pelas potencialidades dos seus territórios enquanto património da humanidade.

Durante os oito dias em que estiveram no Quénia e Tanzânia a comitiva visitou as Reservas Mundiais da Biosfera de Masai Mara, Amboseli e Serengeti. Foi ainda possível estar nos Parques Naturais de Naivasha e Nakuru. Particular importância teve a jornada de trabalho com as Tribos Masai, que preservam o seu modo de vida á milhares de anos, com as associações e cooperativas sociais locais em Nairobi e as organizações que fazem a gestão das zonas alvo de proteção especial devido ao seu estatuto de património da humanidade. 

A comitiva de quatro técnicos foi liderada pelo Secretário Geral da PASEC, Abraão Costa e contou ainda com os Animadores Socioeducativos Fábio Faria, Juliana Silva e Francisca Mendes. Da parte dos anfitriões os trabalhos foram organizados pela Poolman’s Organization, na pessoa do Ahmed Yusuf. Foi ainda possível organizar uma jornada de trabalho de troca de boas práticas e partilha de projetos locais no Monte Kilimanjaro, perto de Amboseli. 

O projeto Origins, que entra no seu quinto ano, pretende promover as práticas de Educação Intercultural e Educação para o Desenvolvimento Sustentável como forma de promover o desenvolvimento social e económico em territórios património da humanidade junto das próprias populações através de iniciativas com base no envolvimento direto dos atores locais e seus representantes. Este projeto está integrado na ação do Clube UESCO para a Diferença Intercultural liderado pela PASEC. Para o ano o projeto terá continuação na Islândia.

"IDEÁRIO DA MULTIPLICAÇÃO" LEVA MAIS DE 200 JOVENS A PALCO

Momento do Ideário da Multiplicação

A Casa das Artes de Famalicão, no passado dia 8 de maio, lotou para ver o “Ideário da Multiplicação”, Espetáculo de Expressão Dramática e Corporal que levou a palco mais de 200 jovens, sendo que na plateia estiveram mais de meio milhar de pessoas. Este foi a última grande ação cultural do ANIMA 2019 – Encontro Internacional de Animação Sociocultural.

A PASEC, o Agrupamento de Escolas Dona Maria 2 e o Município de Famalicão juntaram-se para dar corpo a uma história que pretendia retratar a ideia de que cada ser humana tem a responsabilidade de multiplicar e fazer a diferença no seio da sua comunidade, independentemente da importância ou grandeza do papel que considera ter na sociedade.

As Companhias Artísticas da PASEC, ADN (Teatro), Arena (Dança de Expressão Corporal), ADV (Música) e D’Art (Artes Visuais) produziram com base nos textos, coreografias e grafismos originais dos jovens protagonistas do próprio espetáculo a história de uma sociedade vive um momento de viragem. Toda a encenação retratava que: “são dezenas os eventos de proporções inexplicáveis: desastres ambientais; guerras hipócritas; manifestações violentas; fronteiras fechadas. Neste contexto surge um grupo de jovens de territórios periféricos que se juntam para fazer face à situação, o problema é por onde começar. Uns desconfiam que só pode ser uma espécie de maldição deixada pelos nossos antepassados, outros preferem resolver parte do problema pegando nas poucas armas que dispõem, outros decidem pura e simplesmente estender a mão….”.

O espetáculo teve o formato de Encenação Cómico-Dramática e esteve integrado no projeto Mais Cidadania em Rede apoiada pelo Pelouro da Juventude do Município de Famalicão. Também fez parte da Mostra de Teatro Escolar do Município de Famalicão. Agora parte do mesmo terá várias apresentações pelo país até ao próximo mês de junho.

“MULTIPLICAR É A OPORTUNIDADE QUE TODOS TEMOS PARA FAZER A DIFERENÇA…”- IDEIA FORTE DO ARRANQUE OFICIAL DO ANIMA 2019 ORGANIZADO PELA PASEC

Vencedores do Concurso Dáme o teu plano de combate 2019


“Multiplicar é a oportunidades que todos temos para fazer a diferença…”, foi a Ideia forte do arranque oficial do ANIMA 2019 deixada pelo Secretário Geral da PASEC, Abraão Costa. Já no terreno há duas semanas o ANIMA, Encontro Internacional de Animação Sociocultural. viu acontecer a sua abertura oficial com a final do concurso e conferência internacional “Dá-me o teu plano de combate…” na Casa Museu Camilo Castelo Branco, em Famalicão, Ceide. 

Estiveram a concurso dezenas de ideias de projeto sobre o tema “O Ideário da Multiplicação…”. Na final foram mais de trezentos os jovens presentes, pertencentes às equipas finalistas ou envolvidos na dinamização da sessão. Estiveram presentes o Diretor do Instituto Português do Desporto e Juventude, Dr. Vítor Dias, que referiu o privilégio que é poder acompanhar a “evolução de jovens com tanto talento, que se superam de ano para ano…”. Por sua vez o Presidente da Federação Nacional de Associações Juvenis, Dr. Tiago Rego, referiu-se à PASEC como uma referência internacional nas áreas da inovação social e capacitação com grupos juvenis. De seguida, a Vereadora da Juventude do Município de Famalicão, Dra. Sofia Fernandes, aludiu à PASEC como uma escola de valores onde os jovens são realmente os protagonistas, independentemente da sua proveniência e origens. Seguiu-se a apresentação dos 10 projetos finalistas e um espetáculo sobre o “Ideário da Multiplicação” através das Companhias Artísticas da PASEC ADN (Teatro), Arena (Dança) e ADV (Música). 

No mesmo dia foram ainda lançadas mais duas obras pedagógicas editadas pela PASEC, uma o livro ACT sobre Inclusão Inteligente e o Manual de Animação Desportiva “Geo Toolkit” em Português e Inglês sobre Desportos de Natureza. O ANIMA 2019 está integrado no projeto Radar, apoiado pelo Programa Erasmus + Juventude em Ação. São ainda parceiros no concurso e conferência internacional “Dá-me o Teu plano de Combate…” o Agrupamento de Escolas Camilo Castelo Branco, A.E. Don Sancho I, Município de Famalicão, A.E. Padre Benjamim Salgado, Escola FORAVE e Instituto Nun’Alvares.